tsunami 12

7 Experiências comuns com o processo de ascensão

VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO!

O processo de Despertar é repleto de muitas voltas e reviravoltas inesperadas. Algumas das coisas que experimentamos serão incríveis, enquanto outras parecem drenar cada grama de energia que temos. Muitas vezes, estas são lições que são refletidas de volta para nós para nos ajudar a crescer como indivíduos.

Assim como essas lições muitas vezes vão culminar no que é chamado de “A noite escura da alma”.

Muitos de nós passaram pela “noite escura da alma” ou estão passando por isso agora.

Quando você está experimentando-a, parece como os piores dias de sua vida, que geralmente é verdade, mas por favor, mantenha em mente que você nunca está sozinho e que dias melhores estão por vir.

Não só isso, as lições que você aprende ao experimentar “A noite escura da alma”, ajuda seu espírito crescer exponencialmente e permitirá que você ajude outras pessoas que estão passando por isso na estrada.

Para aqueles de vocês que vivenciam o processo de Ascensão – aqui estão alguns aspectos.

Nem todo mundo está enfrentando os mesmos processos.

Só sei que você não está sozinho …

Aqui estão algumas experiências comuns de deixar o velho mundo para trás, seus significados, e algumas ferramentas para confortar:

1. De repente você sente como se pulasse de um penhasco sem rede de proteção, com fortes sentimentos de nenhum senso de lugar e nada para agarrar-se.

Esta é uma indicação de que você fez uma separação das energias mais velhas e mais densas que estão agora residentes onde você não está. Isso ocorre muitas vezes durante o processo de Ascensão.

Este sentimento sempre passa com o tempo, embora possa sentir-se muito desconfortável quando está ocorrendo. Podemos ter conforto em saber que esses sentimentos sempre passam, e que, eventualmente, começam a ser reconhecidos e aceitos mais frequentemente quando ocorrem.

2. Ninguém parece notar você, prestar atenção em você

Embora isso possa criar sentimentos desconfortáveis de desrespeito, irreverência e até mesmo abuso, sabemos que os indivíduos que não “veem” você estão em um espaço completamente diferente.

No velho mundo, muitas pessoas ainda não evoluíram a partir de si mesmas e, assim, estão vendo através de uma parede substancial de densidade ou ego. Ainda é tudo o que está dentro delas e como elas ainda não estão prontas para verem que tudo ao seu redor é parte de um belo conjunto, que todos e cada um de nós é uma luz brilhante, e compreenda que somos todos um.

Quanto mais elevada for a nossa vibração, mais invisível nos tornamos e mais perceptíveis somos. Você saberá quando você é “visto” e reverenciado e estas são as pessoas que você acabará por escolher para passar o tempo.

Os espíritos da natureza sempre nos veem e eles são maravilhosos para passar o tempo.
Permanecer em seu próprio santuário pessoal pode ajudar também.

À medida que mais e mais almas do planeta estiverem libertas começarão a ver o que está ao seu redor também.

3. É difícil estar em multidões e você já não é capaz de participar em qualquer coisa que tenha a ver com energia do grupo.

A não ser que o grupo seja muito incomum, onde cada membro é honrado e respeitado por quem eles são e o que eles têm para contribuir, com quantidades iguais de participação, e um propósito semelhante, que é uma paixão para cada membro, os grupos já não vão funcionar para você.

Em grupos de nível superior não há líderes e todos estão em igualdade e “vistos”, com muita gratidão e reverência.

Além disso, em torno de grupos ou multidões há uma grande variedade de diferentes energias, e quanto mais altamente sensíveis nos tornamos, menos somos capazes de processar e tratar demasiada energia diferente ao mesmo tempo.

Nos Reinos mais elevados, as coisas são muito simples, por isso muita coisa de baixa vibração foi transmutada.

Não há tanta densidade ou variação a percorrer ou sentir.
Opiniões não existem e toda a energia está sempre indo na mesma direção.

4. Você sente-se muito solitário, tem poucos amigos e entes queridos que restam para você conectar-se regularmente, e ninguém realmente pensa como você, nem compreende a sua visão da realidade.

Podemos tentar uma e outra vez fazer novos amigos, conectar com pessoas novas, e juntarmo-nos com novos grupos, mas a menos que estas energias estejam vibrando onde estamos, sempre pode parecer que estamos indo em duas direções muito diferentes.

É muito comum com o processo de ascensão sentir-se como se toda a gente estivesse no final de um longo túnel, distante e de difícil acesso.

Além disso, quanto mais evoluímos, mais descobrimos que grupos “espirituais” não cabem mais, bem como gastar demasiado tempo com foco na espiritualidade intencional, que não existe nos reinos mais elevados.

Pode ser extremamente difícil, senão impossível, voltar às energias que foram transmutadas … torna-se simplesmente intolerável.

O amor sempre vibra alto, e mesmo que não possamos estar olho no olho com todos que encontramos, a conexão com a energia do amor sempre pode servir como convergência e manterá vivos relacionamentos que podem ter outra forma de se dissolverem.

5. Você tem simplificado a sua vida, em grande medida, removeu energias mais baixas e mais densas, e sente que não há nenhum lugar para ir.

Parabéns! Você já atingiu o seu centro, ou melhor, o olho da tempestade, o espaço entre os pensamentos, o agora, e onde tudo é.

Além disso, as realidades de vibração mais elevada ainda não foram criadas, assim, não há nenhum lugar para ir onde você está vibrando agora.

Assim que chega o olho da tempestade, começamos a criar facilmente muita coisa que precisamos ou queremos. Começamos com esforço, como tudo o que ainda precisamos fazer, entretendo um pensamento aleatoriamente do que nós desejamos conectar no momento.

Eu tenho essa experiência o tempo todo, como eu sei que muitos de vocês, então eu sei que é muito verdadeiro e muito possível. Muito em breve, esta será a única realidade que experimentaremos, e isso está acontecendo agora.

Sentindo-nos confiantes o suficiente em deixar o velho mundo para trás, irá, naturalmente, colocar-nos no lugar certo. Este é um espaço muito bem protegido.

6. Você não tem mais o desejo de curar os outros, criar a vibração do planeta, ensinar novas formas de estar, ler materiais espirituais, meditar, SALVAR algo ou alguém, ou participar de qualquer coisa que tenha a intenção espiritual.

O planeta já atingiu um novo nível.
Seu trabalho está terminado.

E antes mesmo deste novo nível ter sido alcançado, após cada um de nós chegar a um certo nível de frequência interior, agora estamos prontos para deixar ir o efeito do antigo e ter uma vida real.

Isso significa que nós não precisamos falar sobre assuntos espirituais, nós não precisamos ler sobre eles, e não precisamos aprender nada novo. Sabemos que ser espiritual ocorre muito naturalmente. Estamos, então, simplesmente sendo espirituais sem ter a intenção de fazê-lo.

Ter uma intenção nos coloca fora do nosso centro e também vem de uma postura do ego antigo.

Salvando outros ou fazendo uma intromissão com desejos intencionais para ajudar os outros quando não pediram, também está muito fora do alinhamento de ser um Anjo da Terra.

Oferecendo espontaneamente orientação espiritual ou mensagens para outros se encaixa nesta categoria também.

Há uma exceção para tudo isso. Porque nossas vertentes existem na fronteira dimensional, e não na velha realidade, vão servir para ajudar os outros a chegar ao próximo patamar, ou para o outro lado.
Desta forma, estaremos dando suporte, e aqueles que perguntam serão preparados e prontos para receberem o que eles precisam.

7. Você está tão cansado e esgotado da velha realidade, que você não se preocupa com mais nada e simplesmente desiste com decepção, exaustão, apatia, sente como depressão um forte desejo de não estar mais aqui. Você acha que nada vai mudar. Está além de desanimado.

Agora você está pronto para estar no olho do furacão. Agora você está pronto para deixar o antigo para trás. Você não precisa importar-se com o que está acontecendo em outros lugares, porque o que está acontecendo em outros lugares não tem mais nada a ver com você. Você ainda não tinha percebido que você “morreu” e atravessou para uma nova realidade.
Você ainda estava pendurado em torno do velho mundo e acreditando que era o seu mundo, e sobre você.

O lado de fora, ou velho mundo, tinha de tornar-se tão desagradável que você estaria disposto a deixá-lo ir.

Sinto-me profundamente desagradável; como você, já não pertenço a este lugar, porque você já morreu e agora está sendo renascido.

Você saberá quando mergulhar e confiar, ou esgotar-se o suficiente para deixar tudo ir, – quando você encontrar-se num estado de grande paz, satisfação, confiança e calma.

E que todas as suas necessidades serão milagrosamente alcançadas com facilidade e você vai sentir uma paz que você nunca conheceu.

E então … você acabará por conhecer outras pessoas que estão aqui também e se unem para criar algo muito novo. Mas antes que possamos criar algo muito novo em uma realidade muito nova, é preciso primeiro rejuvenescer e restaurar a nós mesmos.

Sobre o autor: Gregg Prescott, M. S. é fundador e editor do In5D e BodyMindSoulSpirit. Ele apresenta um programa semanal sobre espiritualidade In5D Radio e promove conferências espirituais, metafísicas e esotéricas nos Estados Unidos através In5dEvents. Gregg está atualmente colaborando com Michelle Walling, CHLC, na abertura de uma clínica walk-in holística chamada Alternativa Holística Saúde (AHH) em Sarasota, FL, com filiais subsequentes ao redor do mundo.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar

http://stelalecocq.blogspot.com/2015/04/sete-experiencias-comuns-com-o-processo.html

por Gregg Prescott, M. S. – Editor, In5D.com
Fonte: http://www.emergingearthangels.com
Tradução – Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Este post foi lido 2674 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>