Post 6-A

A consciência da ação

Noventa por cento do nosso comportamento é reativo.
 
Ainda dominados pelo ego, entendemos que estamos sozinhos e por isso precisamos estar atentos, nos defendendo contra tudo e contra todos.
 
Nossas reações nascem das nossas vivências do passado.
 
Nossas reações estão respaldadas por nossas crenças limitantes que nos impedem de crescer e evoluir.
 
Nossas reações são a verdadeira causa do nosso sofrimento.
 
Em plena chegada da Nova Era, nossa consciência vem à tona nos fazendo repensar sobre essas reações.
 
Estamos começando a entender que para reverter o processo de dor devemos passar a agir ao invés de reagir.
 
A ação nasce da presença. A ação nasce das decisões tomadas a partir do coração,  da nossa partícula de Deus que mora dentro de nós.
 
Essa reflexão sobre nós mesmos, esse mergulho interior nos trará o conhecimento necessário para empreender a mudança tão necessária.
 
Estamos em plena marcha para o amadurecimento espiritual.
 
Estamos transformando nosso mundo.
Gosta do que eu escrevo? Aquilo que venho publicando diariamente faz sentido pra você?
 
Quer aprender a colocar tudo isso em prática e transformar definitivamente sua vida?
 
Vou iniciar um trabalho com uma pequena turma e estarei de mãos dadas com você ao longo dessa transformação.
 
Se quiser fazer parte desse grupo, clique no link abaixo, preencha o questionário, envie-me e aguarde o meu contato!
 
 
Tudo pode e vai ser muito diferente, você só precisa agir para ser feliz. Acredite!
 
Roberto Legey


Roberto_LegeyRoberto Legey
Empresário, consultor, estudioso da espiritualidade, do processo de mudança de consciência planetária e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.

Este post foi lido 5272 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>