cbc1ff021c1

A Grande Revolução do Espírito

Pessoas acreditarem que são insignificantes ou impotentes, é o principal teste da humanidade. Esta é a grande lição da Escola da Terra. Como centelhas do Divino, concordamos corajosamente em servir nesta missão, por uma ampla variedade de razões, mas o objetivo principal é reconhecermos a nossa verdadeira grandeza e servirmos uns aos outros. É a definição de grandeza que é a grande ilusão. Nós pensamos que são coisas externas, mas este é o teste: é o oposto. O teste é a ilusão externa do jogo que seduz e nos embala em complacência com o nosso propósito real e acreditarmos que não há mais nada.

Quando entramos em sintonia com a verdade dos nossos corações, sabemos exatamente qual é o nosso propósito, mas, depois, ficamos seduzidos por algo brilhante e imediatamente nos distraímos. É mais seguro e confortável. É o nosso açúcar.

E assim o projeto é este: nós nos inscrevemos para um grande propósito de virmos à Terra, parecendo que começamos de novo a nossa experiência física e a grande sedução começa novamente. É um projeto de cada vez! Gastamos o nosso principal foco em realizações externas e a educação escolar serve aos nossos cérebros, mas os anseios mais importantes do nosso coração são, principalmente, uma aventura secreta e particular, não reconhecida o suficiente pelo mundo externo.

Nem mesmo nos permitimos fracassos ou imperfeições, a manifestação aberta da emoção ou da afeição é controlada e aqueles que se expressam com profunda paixão, emoção, criatividade e inovação são únicos e especiais e colocados em uma categoria. E este é o nosso mais profundo desejo, de expressarmos e sermos únicos e criarmos algo – alguma coisa, tudo – que seja do nosso espírito!

Assim, nós estamos participando de uma grande revolução do espírito. Já não mais seremos seduzidos pela ilusão de que somos pequenos ou insignificantes. Não iremos acreditar no que os nossos críticos dizem que (tem havido muitos) nós não somos dignos, que são os “outros” que irão fazer alguma coisa, que eles são especiais ou que são eles que sabem a resposta. Nós sabemos, nós apenas acreditamos no contrário por muito tempo. Esta tem sido uma grande causa de disfunção, de tristeza e decepção, de doença e derrota … é o momento de pararmos tudo, e é claro, isto começa interiormente.

Nós interrompemos a sedução do mundo exterior por termos escolhido o nosso mundo interior. Ouçam a “voz mansa e delicada interior” e decidam honrá-la. Em primeiro lugar, ouvindo, em seguida, reconhecendo, e depois, agindo em seu próprio interesse. Perseveremos, continuando fazendo isso, e, então, permitindo que os nossos sonhos se agitem, e interrompendo qualquer coisa em nosso mundo externo que não os apoie. E assim continuem, até que vivam completamente a partir deste espaço.

E quando estamos deixando nossa luz interna brilhar mais e mais, ela se torna contagiosa para os outros e os afeta sem que tenhamos nada a fazer. À medida que ficamos mais e mais brilhantes, outros são influenciados e inspirados e eles começam a perguntar. Nós primeiro vivemos através do exemplo e, finalmente, acabamos ensinando e conduzindo outros. Nós achávamos que temos que mudar o mundo através da demonstração externa, em primeiro lugar, mas na verdade é de dentro para fora, em primeiro lugar … e então o mundo externo se realinha sem esforço a essa consciência. É uma lei da física quântica. Sejam a mudança. De dentro para fora, todos, de dentro para fora!

Este é o presente da iluminação, quando nos esgotamos, buscando externamente, e, enfim, encontramos o nosso eu interior original, sábio, simples, extraordinário, criativo, amoroso, compassivo que é o caminho para os nossos Eus Superiores, que é o caminho para o Divino e Tudo O Que É.

www.heartlight.ca
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Este post foi lido 2224 vezes!

1 responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>