maxresdefault (1)

A intervenção alienígena já está acontecendo

Temos experimentado a interferência alienígena com mais contundência desde 1980. Mas eu não falo aqui de naves que descem perante as pessoas e nem de sinais nos céus que se mostram aos olhos. Eu me refiro a uma estratégia divina perfeita, um meio profundamente eficaz de trazer as forças superiores pra perto de nós. Nas últimas décadas a Terra tem sido presenteada com muitos seres de luz, entes nobres que escolheram auxiliar os seres humanos na transição mais acentuada com sua luz, conhecimento e com a Verdade que trazem em si mesmos.
 
Desde então, esses seres de luz que reencarnaram aqui têm ajudado as pessoas de diversas formas na tarefa mais penosa e importante, a expansão da consciência. Porque eles sabem que qualquer outra mudança e projeto nunca funcionará sem que isso seja feito antes. Muito tem sido dado à humanidade, muito tem sido feito. A Luz não guerreira, a luz não força, a luz ama e usa seu poder para transformar através do amor, do conhecimento, da disseminação da verdade. Uma vez que se aceita a verdade, tudo muda e não há a menor necessidade de se usar a força.
 
A luz é sábia e sabe que é muito mais nobre, funcional e inteligente trazer bons espíritos para distribuir o conhecimento do Reino de Deus entre a humanidade, provocando assim uma grande mudança sem a necessidade de derramar uma única gota de sangue, do que deter as trevas à força. Isso não é transformação, é imposição. E a luz prefere sempre o Amor. Não que ela não tenha recursos pra interferir se preciso for, tem sim. Entretanto, o maior recurso das forças da luz é o Amor. Então, é ele que mais deve ser usado e isso, pode crer, já está sendo feito.
 
A intervenção extraterrestre já está acontecendo, abra os olhos pra ver. Muitas pessoas esperam as naves descerem a olho nu. Por isso, infelizmente não percebem que seus tripulantes já estão entre elas fazendo a diferença e ancorando a grande transformação do mundo.
 
Que o Amor nos cure!
 
Vinícius Francis

Este post foi lido 3368 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>