post_site

A Meditação

No Ocidente a meditação é geralmente encarada de uma forma diferente de como é vista na índia e outras regiões do Oriente.

Nós orientais temos a meditação dentro da nossa vida, ela faz parte de nós, é o momento de nossa reconexão com Deus, o momento de olhar para dentro.

Os ocidentais enxergam a meditação como uma forma de apaziguar a mente, de eliminar o stress da vida diária. Vêem a meditação como uma parte separada de suas vidas, como se fosse uma hora de praticar esporte, da consulta com seu analista, etc. Apenas mais compromisso de sua agenda. Mesmo aqueles que a fazem diariamente a encaram como um compromisso diário.

A meditação é muito mais do que isso. Para nós a meditação é como a água que bebemos, ela é essencial, não precisa ser agendada. Você não agenda a hora de beber água. Ela precisa estar dentro do seu ser. Meditar precisa ser um processo normal da sua vida, e não mais um compromisso.

Meditar é o recreio do seu Ser, o momento da reconexão plena, da integração de todos os seus corpos sutis. Um poderoso realinhamento de todas as dimensões do seu corpo multidimensional. É um momento único que somente os detentores do corpo físico, do magnetismo, podem usufruir.

Meditar é mais do que reconectar, é viver todas as dimensões simultaneamente, e só quem possui todas estas dimensões pode saber o quão especial é este momento.

Viva, medite, comece devagarzinho. É um processo inicialmente difícil para quem nunca fez, mas se encarado com seriedade promete progressos rápidos e duradouros. Sua vida nunca mais será a mesma depois que você atingir um estado razoável de meditação.

A meditação é uma técnica não religiosa, sem dogmas, praticada a milhares de anos e refinada por Buddha, que insistia ser um homem comum para mostrar que qualquer um pode chegar aonde ele chegou.

A meditação não oferece limites. Por um lado você pode chegar cada vez a níveis mais profundos e obter a iluminação plena. Pelo outro, o iniciante comprometido consegue rapidamente obter progressos e sentir os benefícios em sua vida diária.

O mais importante é que você não encare a meditação como mais um compromisso, mas como um hábito diário prazeroso e integrado plenamente à sua vida.

Fazer meditações eventuais é apenas uma forma de escapismo, mais uma das tantas fugas que o homem moderno utiliza para se enganar.

De um presente a você, abra um espaço na sua vida para meditar. Não é um espaço na sua agenda, é um espaço na sua vida.

Você não precisa ser um iogue para meditar, escolha uma posição confortável e medite. O importante é meditar.

Medite, respire, viva plenamente e seja Feliz !

Através de Prama Shanti

prama-shantiPrama Shanti
É terapeuta Energético e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.
pramashanti.wordpress.com
E-mail: pramashanti@lifetech.com.br

 

 

Este post foi lido 1492 vezes!

1 responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>