person-1205140_1280

A única maneira de destruir o medo

Na atitude de se proteger da vida por medo você se expõe ao sofrimento. A única solução é encarar. É melhor pagar o preço de romper seus desafios do que ter de suportar a infelicidade por não ter se permitido viver plenamente. Muitas coisas na vida são questões de mudar a vibração, mas tantas outras dependem exclusivamente da ação. Quando falamos do medo de encarar as coisas, falamos do grande problema de muita gente, a inação.
 
A coragem é essencial pra quem quer viver uma vida feliz. Mas somente a ação destrói a prisão do medo. Não há feitiços, técnicas, nada que seja mais eficaz do que agir, nesses casos. O medo não é o contrário de coragem, porque você pode ser corajoso, mesmo sentindo medo. Mas você não pode exercitar o amor e ser dominado pelo medo ao mesmo tempo. E quando falamos de ação, falamos de amor, que nada mais é do que a energia de expansão, movimento, ou seja, ação.
 
Talvez você que esteja lendo isso agora se sinta cativo do seu medo. Talvez você saiba que precisa dar determinados passos, mas simplesmente não consegue, não sai do lugar, pois se sente acorrentado aos seus medos. Mas, nenhuma corrente se desfaz simplesmente com o poder da vontade, é necessário quebrá-las, à força. É necessário empenhar energia em cima. Porque se o medo exerce força pra te segurar (e isso é verdade, tanto que você se sente apertado por ele), é necessário o mesmo movimento contra. Não falo de fobias, neste caso é necessário o auxílio de um tratamento específico. Refiro-me ao medo da vida.
 
E o que vai te dar essa força é o amor, por si, pelos seus sonhos, pelas suas causas. O amor será a força de impulso pra você quebrar as correntes do medo. E essa história de “não consigo” não cola, existe é o “não quero”, pois de alguma maneira a inércia criada pelo estado de medo soa de certa forma confortável pra você. Mas é um conforto ilusório, visto que ao se acomodar na inação, você automaticamente se sujeita ao sofrimento da insatisfação gerada pela ausência de movimento, dentro e fora de você. E esse sofrimento sim, é grande.
 
Então, vai ser difícil encarar aquilo que te faz tremer as pernas? Pode ser que sim, mas só haverá vitória sobre o medo depois que houver ação. A ação de força quebra as correntes do medo. De tanto agir em cima o medo se desfaz, mas é necessário manter o foco, a motivação, a boa vontade e a persistência. E munir-se de tudo isso depende da resposta da seguinte pergunta – O quanto eu e a minha felicidade valem a pena pra mim? – Que tal se fazer essa pergunta hoje?
 
A gente só vence o que encara. E a menos que você parta para o ataque, você é quem será a constante presa do seu próprio medo. Reflita.
 
Que o Amor nos cure!
Vinícius Francis

vinicius-francisVinícius Francis
É escritor, canalizador, terapeuta metafísico e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.
www.os-filhos-da-alva.blogspot.com.br
E-mail: viniciusarm@yahoo.com.br

Este post foi lido 960 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>