Entries by Roberto Legey

Apenas permita

Queridos, a palavra que pensamos melhor descreveria o tema de hoje é permitir.   Permita-se mover com as energias.   Permita-se ser exatamente quem você é, sem a necessidade de fixar ou negar nada, abraçando a sua gloriosa divindade.   Permita que os outros estejam onde eles estão, sem sentir a responsabilidade de corrigir alguma […]

Máscaras – Sri Prem Baba

“Ao longo da jornada evolutiva a entidade humana constrói máscaras para se proteger da dor. Essas máscaras são criadas de acordo com o que ela tem, com sua história, com o ambiente onde vive – de acordo com o karma que ela carrega. Alguns aprendem que, para conseguirem o que querem, precisam ser vítimas, outros […]

Você é perfeito!

Você é um aspecto individualizado de Deus, isso significa que é uma energia ÚNICA, uma peça fundamental para a unidade do TODO. Sem você, o TODO não pode existir.   Não amar a si mesmo é o mesmo que negar essa verdade, é o mesmo que negar a divindade que existe em você.   Olhe […]

Encare o futuro com esperança

Acredite em si mesmo e mantenha a esperança viva em seu coração. Às vezes, a vida lhe dá uma mão de cartas decepcionantes, mas eis que a próxima poderia ser exatamente aquilo que você esteve esperando, assim não desista. Vemos muitas coisas maravilhosas surgindo em seu caminho, apenas não desista antes de ver que tudo […]

Quando pedem ajuda, vocês recebem

Queridos, todas as vezes que vocês pedem ajuda vocês a recebem. Vocês desejam curar, evoluir e se iluminar, e o universo está respondendo a esse desejo amorosa e constantemente com todos os downloads e alinhamentos por que vocês estão passando. Se vocês pudessem ver as energias que vocês estão experimentando como assistência cósmica e resposta […]

Poder da Escolha – Sri Prem Baba

“Em algum momento do seu estudo de si mesmo, você é levado a compreender o poder da escolha. Quando esse poder está a serviço do eu inferior, sua força de vontade é usada para alimentar vícios e maus hábitos. E muitas vezes você se coloca na posição de vítima, como se não pudesse fazer diferente. […]