14732193367813106382

Culpa: pra que eu quero isso?

Só há culpa quando existe um modelo do certo que não foi seguido. Quando somos humildes em nos aceitar como somos nos damos o direito de errar, porque entendemos que não há erros, apenas experiências. Umas dão bons resultados, outras não. E está tudo certo. Se fosse pra viver conforme um padrão do “correto”, nasceríamos com um manual de instruções de como viver corretamente, mas não nascemos.
 
Damos o que podemos, fazemos o que está ao nosso alcance, conforme nossa maturidade, consciência e capacidade no momento. A menos que façamos algo ruim de propósito, não somos culpados. E no final, tudo o que fazemos nos ensina boas lições. E com elas temos a chance de construir novas experiências nas quais aqueles “deslizes” não serão mais repetidos. Porque foi graças ao “erro” que acertamos o passo e nos aperfeiçoamos na arte de viver. No fim, aprendemos e evoluímos.
 
Mas não digo isso pra você se acomodar na ideia de “posso meter o pé na jaca” que está tudo certo no final das contas, não mesmo! Lembre-se de que tudo tem consequência e às vezes algumas são bem sérias. A lição aqui é pra você não se condenar pelo que faz e sim, compreender suas razões, seus limites e melhorar a si mesmo com o fim de não repetir atitudes que estão fazendo mal pra você mesmo, e de repente, pra outras pessoas. É só sem culpa que conseguimos fazer diferente. Se eu me culpo por algo que fiz, provavelmente farei de novo. A culpa não ensina, apenas martiriza e traumatiza. Sendo assim, não cura. E se não cura, continuamos suscetíveis às mesmas ações. É só sem culpa que a gente melhora. Porque sem culpa a gente não se pune e sim, aprende com o que aconteceu. E se aprendemos, pode crer, faremos diferente na próxima vez.
 
Luz e Benção!
 
Vinícius Francis

vinicius-francisVinícius Francis
É escritor, canalizador, terapeuta metafísico e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.
www.os-filhos-da-alva.blogspot.com.br
E-mail: viniciusarm@yahoo.com.br

Este post foi lido 625 vezes!

1 responder
  1. Neca Nasario
    Neca Nasario says:

    Com certeza, a culpa nos faz ter pena de nos mesmas e as vezes ser vitima traz benefícios e a tenção e não queremos sair do papel de coitados por que isso as vezes nos traz benefícios. Assumir os erros, encarar os problemas, isto nos torna fortes e ajuda na nossa evolução.

    Responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>