1-liberdade

Curando os desafios

Você está em vias de mudanças, tanto pessoal quanto coletivamente.
 
Durante esses tempos de profundas mudanças, muitas vezes pode parecer que as coisas estão piorando.
 
Muitas, muitas coisas estão sendo criadas em sua consciência para serem transformadas.
 
Não percam as esperanças, Queridos!
 
O fato de que as coisas parecem estar se intensificando não é um indicador de que as coisas estão indo na direção errada, mas sim que, eles não podem mais ser ignoradas em seu desejo de serem curadas.
 
É um sinal de que realmente não só é possível mudar, mas que a mudança está acontecendo.
 
Vamos dar-lhe um exemplo de piorar antes de melhorar.
 
Pense em quando seu corpo contraiu um vírus comum. Quando você foi infectado, você não percebeu isso. Esse é o momento mais perigoso, quando o vírus está inundando seu corpo sem ser detectado.
 
Em seguida, seu corpo se moveu para a consciência de que algo estava acontecendo, e respondeu com uma febre.
 
Você reconheceu que algum cuidado extra era necessário, e se concentrou no que era necessário para trazê-lo de volta para seu bem-estar.
 
Você tem uma cura mais rápida quando você pressente o pior. Você vai para o outro lado da doença, e seu sistema imunológico vai se lembrar e como você conseguir se curar e assim isto torna-se um não-problema.
 
Você criou um novo modelo de bem-estar.
 
Queridos, agarram-se as intenções do que você deseja criar, especialmente se você está sendo desafiado, porque aquilo que é um desafio, é o que mais precisa da sua atenção, orientação e transformação.
 
Permita que aquilo que é indesejado fortaleça a sua determinação para o que você deseja ancorar dentro de si mesmo e de seu mundo.
 
Seja fiel a quem você é.
 
Amem-se e apoiem-se uns aos outros.
 
Saibam que vocês estão todos no mesmo barco, com um Universo inteiro ao lado de vocês.
 
Arcanjo Gabriel
 
Fonte: Trinity Esoterics
Canal: Shelley Young – Sudbury, Ontario, Canada
Website: http://www.trinityesoterics.com
Traduzido por Adriano Pereira – blogluzevida@gmail.com

Este post foi lido 2727 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>