Lonely Island

Depois da tempestade…

… Vem tudo aquilo que precisava vir à tona!
 
Há um tempo parei de escrever meus textos, não me sentia inspirada ou animada.
 
Era como se não fizesse mais sentido eu escrever, me sentia uma farsa.
 
Experienciei situações, sentimentos e emoções que contrariavam tudo aquilo que eu um dia já havia escrito, sentido e vivenciado. Mergulhei fundo nas minhas sombras, me sentia presa, desconectada, vítima, triste, insegura e atraía cada vez mais daquilo para minha vida. Pedia ajuda, queria sair de onde eu mesma havia me colocado, mas ainda pensava que alguém iria me salvar…
 
Lá no fundo, acredito eu, que grande parte das mulheres quer né, que algum príncipe encantado, ou um super pai (como na música da Jennifer Lopez – Papi) um homem vai nos salvar, resgatar, cuidar, proteger…daí não acontece e ficamos frustradas, pois eles não agem como esperávamos.
 
Pois bem, fui lá no interior do meu interior buscar as respostas, já que eu sempre lia e ouvia – e eu mesma publicava: as respostas estão dentro de ti.
 
Que ironia..eu pensava! Escrevia textos que muitas vezes lia e me perguntava: foi eu mesma quem escreveu isto? rsrs
 
Pois é… sim!!! Eu escrevi textos que eu mesma precisei ler novamente para me dar conta do quanto eu me deixei levar e enganar pelo meu ego, pelas minhas sombras e pelas minhas crenças limitantes. Não que eu esteja livre de tudo aquilo, mas realmente consciente e agora atenta!
 
Muitas pessoas, situações e terapias me ajudaram e ajudam. (Amo vocês, Noeli Naima e Roberto Legey, sempre me apoiando) Agradeço de coração a todas as pessoas que não passaram a mão na minha cabeça, mas que me fizeram correr atrás, algumas eu me afastei pois estava com uma frequência emocional tão baixa que sentia vergonha, por que “logo eu” que pregava, escrevia e falava sobre energia, pensamentos positivos e tudo mais, fui cair nas armadilhas do ego e num padrão comportamental repetitivo. Eu me julgava o tempo todo, então achava que os outros me julgavam. Eu me criticava internamente, e pensava que estava sendo criticada…
 
A Constelação Familiar me ajudou a enxergar os padrões comportamentais (nos relacionamentos), a compreender que não preciso carregar a dor de ninguém, nem me responsabilizar pelas escolhas dos meus pais. Me fez entender que é preciso tomar pai e mãe – amá-los e aceitá-los do jeito que são, sem cobrança ou julgamentos, pois eles fizeram o melhor deles naquele momento.
Indico o trabalho do Psicólogo Paulo Pimont do Instituto Ipê Roxo.
 
Tive acompanhamento durante uns meses com uma Coaching, que me fez colocar no papel meus sonhos, metas e objetivos. Me indicou um livro maravilhoso da Flávia Melissa ( Sua Melhor Versão) e se tornou uma amiga, Jana Sartott que super indico.
 
Também trabalhei o corpo, pois carregamos memória celular, fiz uma terapia chamada Liberação Psicomuscular com Fabiano Lauser, um Terapeuta incrível que faz parte do Amor em Movimento e Floresce Floripa, conheça o trabalho dele.
 
Sem falar no Reiki, que é algo que amo fazer, aplicar, vivenciar. Faço parte de um projeto pelo Banco de Tempo de Florianópolis, onde atendemos a comunidade em troca de alimentos não perecíveis para doar às aldeias indígenas de Santa Catarina.
 
Isso tudo me ajuda muito na minha evolução como ser humano, mas se eu não tiver coragem de olhar para dentro de mim e seguir em frente, de nada adianta.
 
Fé, foco e força…nunca fizeram tanto sentido pra mim!
 
Realmente, se queremos a mudança de nossas vidas é preciso dar o primeiro passo: autoconhecimento. É só entendendo como você e seus sistema funciona que você será capaz de aceitar e transformar. Às vezes é um processo longo, mas vale a pena.
 
Continuo na terapia, e hoje não sinto mais vergonha de contar sobre isto. Pois acredito que minha história pode ajudar alguém em algum lugar desse mundo…
 
Procuro estar consciente de tudo aquilo que sai de dentro da minha boca, orai e vigiai, e quando falo algo que já me dou conta: cancela, cancela, cancela..rsrs
 
Até que é divertido sabe?! Auto correção…só não pode se tornar uma obsessão, por que não existe perfeição. Somos perfeitos com nossas imperfeições!
 
E 2018 já começou com coisas para me mostrar e comprovar que sim, eu nasci pra brilhar e que as oportunidades estão logo ali…só esperando o meu SIM.
 
Vamos nos permitir SERMOS e SENTIRMO-NOS prósperos, abundantes, saudáveis, completos, radiantes, felizes e atraindo somente relacionamentos saudáveis e amorosos.
 
Finalizo com um texto de um blog que adoro:
 
 
O MOMENTO PERFEITO
 
Se você está se sentindo abandonado (a), esquecido (a), excluído (a) ou ignorado (a), não desanime.
 
Isso pode acontecer quando você, em sua vibração atual, não é compreendido (a).
 
Mesmo que você possa sentir-se solitário (a), saiba que aqueles semelhantes a você estão nas proximidades e esperando o momento certo para se juntar a seu mundo.
 
Não há necessidade de forçá-los chegar; em vez disso, tenha a certeza de que isso vai acontecer de forma natural e no momento perfeito.
 
Até lá … Relaxe, desfrute do seu tempo sozinho (a) e esteja no Amor com você mesmo (a).
 
Criador
 
O Momento perfeito é AQUI E AGORA!
 
EU SOU Iara Simoni, alguém que pensa positivo.
 
Namastê

Iara Simoni
Terapeuta holística, estudiosa da Lei da Atração, filosofia, espiritualidade e mudança de consciência planetária.
Email:  iara.simoni@yahoo.com.br

 

 

Este post foi lido 1433 vezes!

1 responder
  1. Viviane
    Viviane says:

    Este post parece uma lista de indicações de profissionais amigos !! Que coisa mais sem sentido fazer uma publicação em que à cada parágrafo cita um nome ou livro. Nada a ver com o site !

    Responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>