Pallas-AthenaWeb

Eu Sou a Chave do meu Caminho de Felicidade

MENSAGEM DE PALAS ATHENA
Canal: Vinícius Francis

08.09.2014


O temor do homem é o que o torna cativo nas armadilhas de sua própria ignorância. E a fé é o que o faz resplandecer em glória. O sábio edifica o seu próprio caminho e constrói a sua casa com os tijolos da humildade, perseverança e gratidão. Pois aquele, cuja alma se eleva em gratidão, alcança os tesouros de Deus. O homem que murmura e põe o seu coração na vibração de reclamações amaldiçoa a própria jornada.

Eu sou vossa aliada, Palas Athena, e novamente, envolta em luz e amor me aproximo a vos dar uma palavra de certeza. Estou aqui para vos auxiliar em vosso processo de despertar e de autoconhecimento, pois ele traz todas as respostas. Vim a fim de estender-vos a mão e vos motivar a abrirem os olhos do coração, pois somente com eles podem ver o invisível.

Que em vosso interior repouse hoje a paz e a certeza. Que em vosso ser a alegria encontre descanso e a felicidade ache morada definitiva. Aquele se se abraça no revestimento do Bem e do Amor que nele habita permanece inabalável e constante numa jornada que se torna o puro desdobrar do Bem. E por onde passa, deixa as sementes do despertar e do renovo.

Eu vos convoco a despertarem o renovo em si mesmos e no mundo onde habitam, no solo onde colocam os pés. Vocês são os eleitos, são os filhos e enviados do divino a semearem a verdade sobre o orbe azul. E este semear precisa começar em vosso coração. Não podem cativar outros com uma felicidade que não possuem. Não podem oferecer aos vossos semelhantes as respostas que sequer satisfazem vossas dúvidas. De nada valerá dar, ao que tem fome, o pão que não alimentou vocês. Não podem oferecer algo de que também precisam.

Vossa vida necessita ser um testemunho digno para que então, as palavras e intenções proferidas aos demais tenham devido valor. Do contrário, serão como folhas ao vento, ele as leva para onde quer e poucos colocam nelas a sua apreciação. A maioria admira as flores ao invés das folhas, pois elas exibem maior exuberância e resplandecem. Assim é o viver daquele que pratica o Bem, daquele que pautou o seu caminhar na fé, no amor, na paz. E faz de suas pisaduras o caminhar na expressão honesta de um herdeiro divino.

Os herdeiros são majestosos, felizes e constantes em seu crer. Os herdeiros, ou melhor dizendo, os que se assumiram como tal e tomaram posse do seu lugar à mesa de Deus são resplandecentes, firmes, certos daquilo que querem e possuem os seus lábios ungidos pelo mel do criador. Este mel o faz proferir palavras doces, de edificação, de crescimento, de expansão, de sabedoria.

O homem que assumiu seu posto de herdeiro não possui somente as belas e sábias palavras, ele também demonstra sabedoria em suas atitudes e de fato, elas expressam exatamente aquilo que sua boca profere. Ele não mente para si mesmo e faz da própria vida o desdobrar da fé, de sua essência e verdade.

Vocês são, individualmente, a chave do caminho de vossa própria felicidade, porém pedem a nós que vos deem-na para abrir as trilhas do impossível. Contudo, a porta, que vos dá acesso à todas as maravilhas divinas, armazenadas em vosso âmago espiritual, é o vosso viver.

O vosso viver, por dentro e por fora, dita os conseguintes manifestares. E bem aventurado é todo aquele que mantém acesa em seu dia a dia a mesma verdade que professa aos outros e espalha ao mundo. O filho excelente é aquele que carrega em seu alforje somente o que precisa e nada mais. Vocês estão me entendendo e sabem onde quero chegar?

Verifiquem o vosso alforje e respondam se nele estão levando somente aquilo que precisam. E precisam de quê? De alimento, remédio e água. Muitos levam venenos ao invés dos três que citei. O alimento é a palavra de vida, é vossa motivação, fé e convicção do melhor em vocês. É o que vos sustenta diante das circunstâncias que em algumas situações se apresentam desafiadoras aos vossos sentidos.

O remédio que mencionei é o vosso perdão e aceitação, sobre tudo o que ocorre, tudo o que é feito por vocês e sobre tudo o que vos é feito pelos outros. A aceitação cura, o perdão liberta. E por último falei de água, precisam levá-la no alforje. Ela é a vossa alegria, é o combustível de vosso ser. A vossa felicidade e os vossos bons estados emocionais vos promovem ânimo, força e boa vontade. Levem isso na caminhada.

Porém, muitos estão levando venenos. Maus sentimentos, dúvidas, medos, angústias, mágoas e revoltas. Cobranças, excesso de “querer”, desânimo, insegurança, desvalor, mentira, falsidade e hipocrisia. Precisarão se sustentar durante a viagem e se derem esses venenos a si mesmos não saciarão a vossa fome e não suprirão as vossas necessidades interiores.

Observem o vosso alforje, ele é vosso coração, e respondam: O que levam nele? Quais dos componentes que citei estão carregando consigo mesmos? Lembrem-se de que vosso corpo (vossa vida) viverá do alimento que o derem. O que absorvem, o que se dão, o que permitem entrar em vosso interior, fará morada em vocês. É a vossa semente e propositalmente a lançam sobre si próprios.

Não há juízos divinos sobre nenhum de vocês, pois cada um se declara juiz de si mesmo sempre que exerce o arbítrio. Se são a chave do caminho de vossa própria felicidade, então, coloquem no alforje aquilo que alimenta o ser positivamente. E fazendo isso chegarão longe, romperão obstáculos e executarão com excelência os planos de vosso espírito, os propósitos que desejaram efetivar na Terra, enquanto do lado não físico estavam.

Os que se alimentam com o Bem verdadeiramente se preenchem a ponto de transbordarem em bênçãos e provisões aos outros. E por isso, vos convido a encherem seus alforjes com aquilo que verdadeiramente vos satisfaz. Erguem a cabeça, queridos, calcem vossas sandálias, vistam-se dignamente, olhem para frente mantendo o coração em paz e saiam de vossas casas (zonas de conforto) e peregrinem pela Terra.

Apregoem aos quatro cantos a verdade de que são herdeiros do divino e propositalmente renasceram nesse mundo para nele deixarem um legado de vitória. Pois um testemunho de frustração de fracasso não convence ninguém à transformação. Contudo, a felicidade, exposta como estampa e como sustento interno sim, faz o milagre do renovo acontecer.

Querem transformações, querem mudanças, querem o manifestar da Glória divina sobre a humanidade? Então, decretem sobre si mesmos que hoje, tudo isso já começou em vocês, em vossa vida. A luz que toca o mundo é a aquela que clareou o caminho do homem que a oferece e apregoa. Do contrário, não passa de mero desejo de quem definitivamente ainda não a encontrou.

Eu sou Athena, vossa aliada.

Fonte: Os Filhos da Alva

Este post foi lido 776 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>