Post 1-A

Falando sobre relacionamentos

Hoje eu quero falar sobre parcerias amorosas.
 
Viver com outra pessoa é uma rica experiência evolutiva.
 
Nos traz uma gama incrível de vivências que, se bem aproveitadas, só nos fazem crescer.
 
Mas, para que esta experiência seja plena, é necessário que estejamos com o parceiro certo.
 
Essa é uma questão bastante complicada.
 
Ainda vivendo na inconsciência, temos a tendência de nos guiarmos pelo nosso ego e, muitas vezes, por orgulho, por isso, algumas vezes, determinamos que “tem que ser” determinada pessoa.
 
Se alguém precisa mudar para ser um parceiro satisfatório, isso diz claramente que essa pessoa não é um parceiro para vocês neste momento do Agora.
 
Para termos essa experiência evolutiva positiva, precisamos aceitar nossos parceiros como eles são.
 
As pessoas sempre estão demonstrando quem elas realmente são.
 
Suas atitudes e a maneira como elas fazem vocês se sentirem são indícios claros de como elas realmente são.
 
Caso ainda tenha dúvida, pergunte-se:
 
Essa pessoa me faz sentir-me amada? Aceita? Honrada? Apoiada? Cuidada?
 
Se a resposta for não, por que você está aceitando tão pouco para você?
 
Para manter essa relação é preciso realmente abrir mão do seu amor-próprio?
 
Não se sacrifiquem esperando o outro mudar.
 
Ele está sendo quem é, e quem precisa ser, para evoluir. Essa pessoa está certíssima quando vive aquilo que ela é.
 
E você também precisa agir assim. Você também não está procurando alguém que aceite você do jeito que é?
 
Pense nisso:
 
Deixe a sua verdade brilhar, seja quem realmente é. Desta forma atrairá sempre pessoas que gostem de você como você é e essas pessoas serão certamente aceitas por vocês do jeito que são.
 
Sejam sempre autênticos e também permitam que os outros sejam.
 
Agindo assim, suas experiências amorosas serão bastante positivas.
 
Roberto Legey
WhatsApp (19) 9.9533-2136
Participação em grupos de estudo

 

Roberto_LegeyRoberto Legey
Empresário, consultor, estudioso da espiritualidade, do processo de mudança de consciência planetária e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.

Este post foi lido 12804 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>