maxresdefault (7)

Lua em virgem, 19/20 de setembro – O Poder que descende

“Encontro esperança nos dias mais sombrios e me concentro nos mais brilhantes. Não julgo o universo”.
Dalai Lama
Meus amados,
À medida que retiramos todos os véus ilusórios da terceira dimensão, fazemos a transição para uma oitava superior, olhando para trás para o que estava/está acontecendo fora de nós – não nos servirá para estar alinhados com a nova frequência que decidimos conscientemente integrar, porque, para estar sempre presente na presença iluminada de nosso Eu Divino, devemos evitar colocar toda a nossa atenção no caos reinante que vemos do lado de fora. Não considerem os lados, não olhem para o que não esteja mais ocorrendo em sua linha do tempo, prestem atenção apenas ao seu momento presente, a fim de obter toda a força necessária para enfrentar suas sombras e emergir no precioso ser de amor/luz que vocês sempre foram.
Este é um momento não para ascender, porque o que chamamos de ascensão, nada mais é do que a descida de nossa essência verdadeira e sabedoria divina para um corpo físico. Mas, conforme esta Lua Nova, no grau 27 de Virgem, nos faz recordar, fazer descer nosso poder divino, em vez de nos concentrar no “caos” que parece governar nosso Planeta, neste momento. O caos é o jeito que o cosmos tem para reorganizar a realidade, que ficou obsoleta e que deve ser desfeita. O que percebemos como sendo caótico, não é aquilo que é para o Universo, porque não podemos compreender o que está acontecendo sob uma perspectiva mais elevada.
Todos os eventos planetários que acontecem agora, não são apenas o que a Terra precisa ajustar ou purificar, visto que ela é um organismo vivo por si mesma, mas a materialização da realidade dual, que escolhemos de modo consciente. Recentemente recebi muitas perguntas acerca dos motivos por que todos esses eventos estão ocorrendo, já que estamos nos dirigindo para um espaço de frequência superior. A orientação que recebi do meu Eu Unificado (a soma de todos os aspectos, passados, presentes, paralelos e futuros de quem somos, porque no Universo não existe nada superior ou inferior, isso é somente sob nossa perspectiva humana limitada) é que à medida que entramos em um novo espaço/linha do tempo de mais unidade, mais precisamos destruir e trabalhar com a unificação de ambas as polaridades que reinam em nosso Universo, e conforme é internamente, também será no macro.
Com essa Lua Nova em Virgem, somos convidados a trabalhar com a pureza, o poder pessoal, o serviço altruísta, e principalmente em fazer descer essa Luz, que somos, de nossa Presença EU SOU, para o nosso domínio tangível, onde habitamos, onde estamos ascendendo fisicamente e onde devemos ancorar nossa essência única, e disseminar essa centelha para o Todo.
Recentemente fui informada por meus companheiros (Guias), que eu devo aceitar uma determinada situação que percebo no físico, como é, mesmo que esteja contra a Lei do Um, em vez de estar constantemente tentando mudar, porque tudo tem um propósito na Criação. Tudo, até o que parece negativo ao nosso eu humano, é necessário para que possamos nos lembrar do que é a unidade. Não podemos mudar o que os outros fazem, pois recebemos o dom do livre arbítrio e podemos mudar tão-somente a nossa frequência e decidir onde nos concentrar.
Apreciar tudo o que acontece, como um lembrete cósmico de nossa verdadeira natureza, é fundamental para compreender porque até a escuridão é essencial, porque não podemos experimentar o que não somos, se não fosse pelo aspecto sombrio deste Universo que também habita em nós. Tudo é igual, mesmo que não vejamos isso como tal, enquanto somos humanos, tudo serve às forças da Luz, porque tudo é Luz. Isso nunca deve ser julgado. Por que deveríamos julgar o Universo e o modo como ele nos ajuda a lembrar, a partir de uma visão limitada?
Somente a aceitação do que É, e a humildade de reconhecer que não sabemos nada do que está realmente se desenrolando no Plano Divino nos ajudarão a compreender este momento turbulento que estamos enfrentando, sabendo que tudo já está orquestrado perfeitamente, e que tudo serve a um propósito, que é essencial para que a unificação ocorra. Nada nem ninguém acontece em sua vida por acidente, nada nem ninguém é ruim por natureza, porque tudo se originou da mesma Fonte. Tudo está aí para lhes trazer conscientização, verdade e recordação.
Em um nível cósmico somos regidos pela Terra e as energias mutáveis. Porque temos por um lado: o Sol, a Lua, Mercúrio, Vênus, Marte e Plutão em Virgem, um signo de terra, e, por outro lado, temos Virgem, cuja essência é imutável, Saturno em Sagitário e Netuno e Quíron em Peixes, outro signo mutável.
Essa é outra mensagem para que possamos trazer toda a flexibilidade e intuição que obtemos em nossos domínios interiores, assim como a criatividade – ampliada por termos Netuno em oposição a Mercúrio no período da Lua Nova – ao nosso plano tangível, porque é aí que podemos usufruir o que apenas imaginamos e acolhemos internamente.
O signo de terra, Virgem, que é regido por Mercúrio, está associado ao arquétipo da virgem, o que de modo algum está relacionado com o celibato. Pelo contrário, se refere ao arquétipo do Feminino Divino da sabedoria, pureza e totalidade – acolhendo e amando tudo que toca, no físico. Virgem gosta de servir a humanidade, o que é aquilo que lhe dá alegria e propósito. É essencial que durante este momento de transição, em que estamos finalmente bifurcando da antiga Terra 3D, que possamos agir como os canais de luz que somos, ao ancorar nossa essência e amor na Terra, em vez de apenas viver no etéreo, porque somente por criar fortes bases é que podemos alcançar os Céus.
Nesta etapa de nossa jornada para a Nova Terra, muitos de nós estamos experimentando diferentes sensações devido ao processo natural de deixar mais densidade de lado. Algumas dessas sensações podem assumir a forma de problemas intestinais e/ou ansiedade, entre muitas outras, tais como: cansaço, palpitações cardíacas, principalmente com as ondas que recebemos ultimamente de nosso Sol Central, e muitas outras que serão únicas para vocês e a missão de sua alma.
Virgem rege nossos intestinos. É aí onde ocorre a purificação, e assim como vemos no macro, com a intensa transformação que a Terra está tendo, o mesmo está ocorrendo em nosso interior também. Estamos vivenciando uma profunda purificação para podermos renascer, novamente, em uma nova oitava.
A ansiedade se origina no centro de nosso coração, principalmente se trabalhamos ou ainda estamos trabalhando com a cura de antigos traumas, remoção/dissolução deles, faz com que o centro de nosso coração experimente uma profunda sensação de anseio e apego. Liberem tudo, acolham quaisquer sentimentos que possam surgir e saibam que é o seu corpo inteiro liberando antigos vícios.
Esse é um dos principais motivos pelos quais é tão importante comunicar-se com a Mãe Terra, agora, porque a natureza nos cura e purifica, naturalmente. Como também temos a Lua em oposição a Quíron, o curador cósmico, como eu o chamo, com Saturno fazendo quadratura a ambos, no período da Lua Nova, velhos sentimentos podem surgir agora, pois estão lhes enviando uma mensagem: eles gostariam de ser acolhidos, ouvidos, aceitos e liberados. Escutem.
Visto que temos além disso Júpiter, o planeta da expansão, em oposição a Urano, o planeta da mudança, este é um momento maravilhoso para utilizar a frequência das energias mutáveis que nos cercam agora para nos liberar de nosso medo de mudança, nos adaptando a qualquer condição que o desconhecido possa trazer. Somente quando somos flexíveis, em perfeito fluxo com o Todo, e em paz, ao acreditar em tudo que criamos e que nosso Eu Divino orquestrou para nós, que estamos sempre nos dirigindo ao espaço certo para experimentar o que vimos recordar aqui.
Vocês realmente gostariam de seguir em frente e acessar um espaço superior, mas sentem que estão deixando algo/alguém para trás? Vocês ainda habitam no passado, lembrando-se dele como um tempo melhor? Vocês confiam que deixaram para trás tudo o que deveriam e acolhem essa transição cósmica com amor e alegria? Ou vocês falam sobre isso, leem a esse respeito, mas ainda não estão se alinhando com essa nova frequência, devido aos seus antigos apegos?
Quando habitamos no passado, criamos um vício a situações e pessoas que não são as mesmas agora e que estão acontecendo em outro espaço que não estamos ocupando agora. Quando fazemos isso, estamos dando permissão para que esses eventos passados bloqueiem o que é para tocar nossas vidas, agora, porque estamos criando um muro energético contra todas as probabilidades, ao residir no medo, na impossibilidade e na ilusão.
Não é pelos outros ou pelo que está ocorrendo, em um nível planetário, que ainda não estamos onde gostaríamos de estar, entre outras coisas, porque isso não é uma corrida e não há um lugar de destino para se alcançar/ir. Se vocês ainda não experimentaram pelo menos o regozijo de ver todo o seu trabalho interior que vocês vêm fazendo, é porque estão se impedindo, não o caos externo, não as energias fazendo algo para vocês, as energias simplesmente são, nós as integramos e escolhemos como utilizá-las e direcioná-las.
Se vocês ainda não estão em um espaço em que gostariam de estar, observem, em vez de julgar. Isso diz respeito à compaixão, à alegria, a ver tudo que alcançamos, se estamos fazendo tudo o que podemos. Isso não é por querermos ser ou fazer mais, porque não se trata de agir ou de querer, mas de SER. A compaixão é primeiramente aplicada a si, porque é reconhecendo o divino interno que podemos reconhecer e agir como tal, com os demais.
A Lua Nova de Virgem chega para nos lembrar da importância em purificar e ancorar nossa essência em nosso plano físico, em conjunto com os desejos de nossa alma e os novos projetos para os meses seguintes. Essa é uma bênção cósmica para estarmos a serviço, não somente de nós mesmos, mas também do Todo. Não por habitar no passado ou no futuro, ou no que parece estar errado no mundo, mas por deixar brilhar nossa centelha singular, e estar presentes no Agora, onde toda nossa força e energia residem, e onde todo o poder verdadeiro existe. Utilizem-no para criar bases fortes que apoiarão os seus desejos no tangível.
Este é um momento maravilhoso para a purificação, começando não com os nossos corpos, mas com os sentimentos que ainda mantemos internamente, que nos fazem cair nos velhos padrões, impedindo-nos de sentir a felicidade do que é viver no agora. Não é um momento para acreditar que não estamos ascendendo, simplesmente porque determinadas regiões do Planeta, e determinados aspectos de nosso antigo eu estão desaparecendo/mudando. Porque se realmente desejamos a transformação, uma reorganização é necessária para trazer a mudança que gostaríamos de ver, no físico.
Este não é um momento para se viver com medo, mas para se crer na possibilidade, na aceitação, na alegria e no amor em relação a Todos. Não julguem o Universo, o que ele está fazendo, a questão é: vocês sabem o que estão fazendo com a sua energia e intenção? Onde colocá-las, como utilizá-las. Vocês estão observando se, mesmo nos momentos mais desafiadores, vocês continuam escolhendo permanecer centrados em seu coração?
Ou vocês querem ser e fazer, mas quando tudo parece não ocorrer de acordo com os seus desejos humanos, vocês perdem toda a fé, habitando novamente nas frequências inferiores? Não há mais tempo para se permanecer com medo, porque deveríamos apenas acolhê-lo por um momento, e, em seguida liberá-lo, mantendo apenas a sabedoria que isso nos trouxe.
Quando optam por experimentar o medo por um longo tempo, e fazer dele seu estado natural de ser, então, vocês também vão manifestar as coisas, situações e encontros que estejam vibrando na mesma frequência, abrindo um acesso em seu corpo energético para forças manipuladoras entrar. Sim, amados, a verdade deve ser contada e compreendida em vez de manipulada. Não temos que nos concentrar apenas nesse lado, mas negá-lo não nos servirá, nesta etapa de transição.
É essencial que possamos começar a compreender a batalha cósmica que já é fortemente sentida neste momento de nossa jornada ascensional, para recuperar o controle da humanidade. Forças disfarçadas de luz que parecem estar trabalhando a seu favor, mas então, estão apenas os manipulando e a sua vontade. Não há nada a temer, o medo vem quando estamos prontos para confrontar os nossos aspectos que ainda habitam a separação, e, portanto, a dor. É uma mensagem de todos esses nossos aspectos, de ajuda, eles também desejam a liberdade, como vocês, da dor e da ilusão.
A pureza surge quando finalmente estamos prontos para desfazer todos esses aspectos ocultos e camadas inferiores de nosso eu tridimensional e começar a acolher nossa verdadeira essência. Ao temer que não podem fazer descer o seu poder, sua Luz, vocês apenas conseguem encobri-los. Este é um momento maravilhoso para fazer isso. Trata-se de um momento único e precioso para que vocês finalmente escolham, não por simplesmente concordar, ler, etc., mas por SER e agir, a cada momento, como vocês pensam e sentem.
É sua escolha, como sempre, decidir onde desejam permanecer, se na bem-aventurança de ser livre e finalmente liberar um velho eu e uma velha vida, ou permanecer no medo de perder o que é familiar. Como não existe um tempo linear e fixo para que façam uma escolha, vocês estão livres para se reunir àqueles que já deram esse passo, no próprio ritmo. A questão é: vocês realmente gostariam de repetir os mesmos antigos cenários que os conduziram a um espaço de falta de amor e confusão?
Seu trabalho é interiorizar-se em profunda comunhão com a sua alma, e após ler isso, continuem escolhendo habitar em uma frequência superior ou escolham cair no esquecimento novamente. A oportunidade para que parem de escolher o medo, façam descer o seu poder e reivindiquem a sua soberania está sempre aí para vocês.
Eu lhes desejo uma Lua Nova purificadora e mágica, em Virgem, amados companheiros!
Com amor e luz infinitos.
Natalia Alba
Direitos Autorais:
Fonte: Natalia Alba 
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Este post foi lido 1790 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>