cachoeiras-lago-azul

Mãe Natureza

A Natureza, neste processo de ascensão, se torna ainda mais essencial. Primeiramente que a Natureza não tem a complexidade química e egoica dos seres humanos, que são parte da Natureza, claro, mas ela já está mais pronta, mais livre e evolui mais naturalmente, sem grandes resistências.

A natureza é essencial no processo de evolução e, sinceramente, tem sido nossa ancoragem: o útero da Mãe terra, as montanhas, as folhagens, as cavernas, as cachoeiras, os minerais, os animais, o mar, o vento, o ar, lá estamos o tempo todo, segundo a segundo, sutilizando, sutilizando e sutilizando. Quem é sensível ao prana que recobre o Planeta, poderá sentir como ele já está carregado de amor e de paz. Isso faz parte daquele trabalho de malha que iniciamos e imantamos. A Natureza é que está sustentando a malha e o processo.

Meu conselho é: estejam mais na Natureza. Se inundem dessa nova energia, desse prana novo e especial que os rodeia. Sintam, absorvam. Esse prana terá o poder de cura, de iluminação e de paz. Caminhem na Terra, mergulhem no mar, na cachoeira, comam folhas e flores, sintam o vento, abracem árvores e animais. Sintam este amor da Natureza, com certeza ajudará no seu processo interior de cura e de Cristificação. Acelerará o processo, pois naturalmente esse prana o tira do mundano para o espiritual, o alimenta de verdade e de essência. Nós estamos imanando a Natureza para imantá-los. Desfrute, usufrua do som, do cheiro, do tato, do sentir junto à natureza, ela irá lhe recompor, lhe reenergizará e até o ajudará no despertar e no processo crístico.

Quanto mais estiver na natureza mais fácil será seu processo evolutivo e quanto mais humanos em contato coma Natureza, se banhando do novo prana, mais rápido o processo evolutivo desse lindo Planeta. A Natureza está na frente, larguem o ego para trás e corram atrás dela, esse será um momento muito saudável e será o movimento para a 5ª dimensão que se aproxima.

Com amor e muita Natureza,

Ashtar Sheran

Este post foi lido 1076 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>