errar-e-mundano-espiritual

Nova era da iluminação

Todos nós somos uma parte de Deus, uma parte vital e amada da Fonte Divina. Estamos no planeta para crescer e expandir, por que crescimento é o estado natural da Fonte.

Exatamente por causa disso que a liberdade é tão valorizada por nós. Todos precisamos de liberdade para conseguirmos crescer, expandir e nos auto expressarmos.

Exatamente, por estarmos em busca desse crescimento e expansão devemos evitar as energias de julgamento e controle, separação e amor condicional, que nos levam à contração, estagnação, desconforto e desespero.

Está na hora de conscientemente fazermos nossas escolhas e ações apoiadas em aquilo que desejamos ancorar em nosso planeta. Somos seres humanos que necessitamos da energia do Lar.

Devemos, portanto, abraçar as energias de inclusão, elevação, encorajamento, aceitação, permissão, amor incondicional e consciência de unidade, paz e harmonia e a celebração da divindade de todos, tanto da nossa como dos outros.

É isso que criará a nossa evolução, é isso que trará o céu à terra que todos desejamos. É isso que nos fará avançar para a grande Nova Era de iluminação.

Gosta do que eu escrevo? Aquilo que venho publicando diariamente faz sentido pra você?
 
Quer aprender a colocar tudo isso em prática e transformar definitivamente sua vida?
 
Clique no link abaixo, preencha o questionário, envie-me e aguarde o meu contato!
 
Tudo pode e vai ser muito diferente, você só precisa agir para ser feliz. Acredite!

Roberto Legey

Roberto_LegeyRoberto Legey
Empresário, consultor, estudioso da espiritualidade, do processo de mudança de consciência planetária e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.

Este post foi lido 1269 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>