dica_posit_8_4

O céu na Terra

Estamos condicionados a viver nossas vidas em alerta máximo contra tudo aquilo que não queremos.
 
Essa prática é um grande contrassenso, porque já sabemos que criamos mais em nossas vidas daquilo que colocamos nosso foco e nossa energia.
 
Além disso, essa prática garante à nós que nunca estaremos nos sentindo bem, nunca estaremos alegres e, portanto, nunca sentiremos o amor que provém da nossa verdadeira expressão do eu.
 
O foco que mantemos naquilo que não queremos, gera uma energia negativa abusiva e absoluta, que incide em nossas vidas de maneira implacável.
 
Precisamos mudar o nosso foco!
 
Vamos passar a reconhecer e celebrar os muitos aspectos positivos e desejados que estão ao nosso redor.
 
Somos seres magníficos e perfeitos, é preciso que despertemos para essa realidade.
 
Está na hora de começarmos a enxergar todos as formas que temos para fazermos a diferença nesse planeta.
 
Palavras positivas, um gesto atencioso, emitir vibrações mais altas e fazer escolhas conscientes, tudo isso cria ondas vibracionais de amor que atingem todo o Universo.
 
Que motivo nós temos para não estarmos alertas para todas as possibilidades que temos de exercer nossa mestria e, assim, mudarmos nosso planeta?
 
Esse despertar nos fará experimentar uma satisfação profunda e alegre, vai nos fazer acordar para quem verdadeiramente somos e porque estamos aqui.
 
Nesse momento, podem ter certeza, experimentaremos a felicidade de viver o Céu na Terra.
 
Eu sou Roberto Legey


Roberto_LegeyRoberto Legey
Empresário, consultor, estudioso da espiritualidade, do processo de mudança de consciência planetária e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.

Este post foi lido 5147 vezes!

3 respostas
  1. Wilma brito
    Wilma brito says:

    Quando conheci o que esse homem escreve me encontrei,leio constantemente e adoro tudo, que ele coloca no Facebook só tenho que agradeçer.abracos wilmabrito

    Responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>