3pense-positivo-1030x658

O desejo inato de ser bom

Saudações. Somos o Conselho Arcturiano. Apreciamos nos conectar com todos vocês.
 
Você tem a propensão para o bem, para fazer o que é certo. Você tem um desejo inato de ser bom, e isso é porque, quando você está fazendo algo que alinha você com a Fonte, você se sente poderoso, sente Amor e sente essa conexão de onde você é. Você vem da Fonte e a Fonte é Amor Incondicional. Tudo o que você vê sendo apresentado em seu mundo, entre indivíduos, entre nações e entre grupos, é apenas para fazer você experimentar o bem que você é.
 
Não é um teste. Você não precisa passar no teste para ascender ou para ter a vida eterna. Você consegue experimentar a bondade de quem você realmente é. Esse é o ponto de estar no planeta Terra, experimentando todas as provações e tribulações, e sentindo essas emoções. Se você pode fazer tudo isso e ainda se sentir bem com você e com suas ações, então você passará a ilusão de que não há nada além do Bem, que há algo além da Luz e que existe algo além do Amor.
 
E então você saberá que você é bem sucedido em sua missão de conhecer a si mesmo como você realmente é. Essa é uma missão básica para todos os seres, não importa quem eles sejam. A missão é sempre a mesma. Se você é humano, animal ou extraterrestre, todos vocês querem conhecer-se como realmente são, e vocês são realmente bons.
 
Você realmente não tem medo. Você realmente é Amor.
 
Por isso, essa ilusão em que você participa dá-lhe a oportunidade de sentir o que é ir contra a sua verdadeira natureza, porque quando você assim faz, você tem a experiência do filho pródigo de volta para a Casa, para quem você realmente é, e esse movimento de se sentir separado para sentir-se uno com a Fonte é a melhor experiência. É tudo sobre o que isso representa, e tudo vale a pena.
 
Nós somos o Conselho Arcturiano, e nós apreciamos nos conectar com você .
 
Os Arcturianos
 
Através de Daniel Scranton
 
Tradução: Vilma Capuano

Este post foi lido 1396 vezes!

1 responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>