eckhart-tolle-2

O momento presente é a coisa mais preciosa que existe

As pessoas não percebem que agora é tudo o que é, não existe passado ou futuro exceto como uma memória ou antecipação em nossas mentes.
 
O passado te dá uma identidade e o futuro mantém a promessa de salvação ou de preenchimento na forma que for. Em ambos os casos o que temos é ilusório.
 
O tempo não é precioso de maneira alguma, porque é uma ilusão. O que você percebe como precioso não é o tempo mas o único ponto que está além do tempo: agora. Isto é de fato precioso. Quanto mais você estiver focado no tempo – passado ou futuro – mais você vai perder o agora, a coisa mais preciosa que existe.
 
Não deixe um mundo doente dizer pra você ter sucesso em outra coisa que esteja além do momento presente.
 
A maioria das pessoas nunca está presente completamente no agora, porque inconscientemente as pessoas acreditam que o próximo momento deve ser mais importante do que este. Mas assim você perde a vida inteira, que nunca é não-agora.
 
Assim que você começar a honrar o momento presente, toda a infelicidade e luta se dissolve e a vida começa a fluir com contentamento e facilidade. Quando você age a partir da consciência do momento presente, o que quer que você faça fica imbuído com um sentimento de qualidade, cuidado e amor – mesmo a mais simples ação.
 
Eckhart Tolle

Este post foi lido 2445 vezes!

1 responder
  1. marta Conceição Costa Da Silva Lopes Oliveira
    marta Conceição Costa Da Silva Lopes Oliveira says:

    Como posso focar no aqui e agora e ignorar o passado se ele é o único que passa a existir?No momento presente se constrói o futuro. De segundo em segundo Ele é construído.

    Responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>