Post 5-E

O poder do pensamento criativo

(Quando estiverem lendo este artigo, interpretem a palavra “orar” no sentido de “pensar positivo” e não no sentido religioso. Em inglês “wishfull thinking” é traduzido literalmente assim: wish=desejo, full=cheio, thinking=pensando; pensamentos cheios de desejos, pensamentos…criativos.)
 
A PRIMEIRA REGRA DA NOVA ERA: HONESTIDADE!
 
Possuo informações de pessoas que quando fazem coisas de que não gostam se sentem muito mal. Já vos comentei isto há 6 meses e cada vez será mais frequente e comum, pois um dos aspectos do poder mental é deixar atrás o nosso lado irresponsável…podes imaginar qual é esse lado?
 
A NOSSA FALTA DE HONESTIDADE!
 
Quando falo de ser honesto comigo mesmo, estou a referir-me a fazer somente o que me faz sentir bem e feliz…e sei que sempre existe aquela pessoa “que sabe tudo” que está a dizer: “Então se fazer mal aos outros, me faz feliz…faço-o?”. A resposta será sempre a mesma: FAZ O QUE REALMENTE TE FAZ FELIZ! Se é isso o que o teu coração te está dizer que faças, é isso que terás de fazer, MAS SE TE ESTÁS A MENTIR, sofrerás imensamente se o fizeres.
 
O tempo do jogo já terminou, já não há mais tempo para tratar de convencer as pessoas a ver se querem saber estas coisas ou não. Eu tenho que dizê-las, porque é a minha obrigação. Com isto cumpro o meu contrato convosco e agora só depende de vós cumprir o vosso contrato com os outros, ao fazer-lhes chegar esta informação.
 
COMO FAZER QUE AQUILO QUE ENSINO SEJA ÚTIL NA VIDA REAL:
 
Até hoje o enfoque tem sido como manifestar as coisas que quero, mas agora tenho que dar-lhe outro sentido:
 
Vou pedir que faças uma das coisas mais difíceis que te pedi até hoje. NÃO PRESTES ATENÇÃO AOS TEUS 5 SENTIDOS. Não me importa que vejas, ouças, sintas, ou qualquer outra coisa; necessito que te faças cego e surdo a tudo isso. SEJA O QUE FOR QUE VEJAS, OUÇAS, SINTAS (com a carne e na pele) NÃO FAÇAS CASO, NÃO REAJAS.
 
SÊ FELIZ, COMO QUEIRA QUE SEJA. A felicidade é algo que te podes permitir sentir em qualquer momento. TU DECIDES O QUE SENTIR EM TODOS OS MOMENTOS e se podes sentir amor (que é mais divino do que a felicidade), MELHOR AINDA. Deves permanecer nesse estado a maioria do tempo dos teus dias; concentra-te nas coisas que te fazem sentir bem e feliz, que te fazem rir.
 
SÊ HONESTO. Vamos, se estás a fazer algo que não gostas, deixa de o fazer; se estás com alguém com quem já não te sentes feliz, rompe essa relação; se te estás a comportar indevidamente, deixa de o fazer. DEIXA DE FAZER E DE SER O QUE NÃO É A MELHOR VERSÃO DE TI.
 
COMEÇA A VER COM A TUA MENTE O QUE QUERES VER REALMENTE E ACREDITA CEGAMENTE QUE JÁ É. Isto significa não estar tentando ver se já aconteceu ou não, mas sim saber que já É. Fé cega é simplesmente saber, sem dúvida nenhuma, que já É, sem importar o que dizem os 5 sentidos.
 
Se tens problemas ou doenças, DEIXA DE ACREDITAR NELAS. Estas irão continuar aí enquanto lhes sigas dando atenção. Quando lhes desviares a tua atenção, totalmente, elas também irão desaparecer completamente. Neste caso ver o que te faz sentir feliz como diz no passo 4, ajuda muito.
 
EM CASO DE “DIFICULDADES”:
 
NÃO REAJAS…MANTÉM A CALMA.
 
NEGA TUDO O QUE TE DIZEM OS TEUS 5 SENTIDOS.
 
AFIRMA O QUE TE DIZ O CORAÇÃO.
 
ATIVA IMEDIATAMENTE A TUA FELICIDADE E USA A TUA IMAGINAÇÃO PARA VER SOMENTE O QUE QUERES VER…ESTE É O PODER CRIATIVO.
 
Este ponto é muito importante pois dentro de pouco tempo, a tua imaginação terá muitíssimo mais poder do que tem atualmente (e hoje tem muito mais do que tinha há 6 meses).
 
Basta de dramas, de problemas. Temos pouco tempo para ser felizes e para ser o melhor que podemos ser interiormente. Não o desperdices em ninharias, por favor!
 
JÁ POSSUIS TUDO. Agora apenas segue os passos e mantém a tua fé cega. Se sentes vontade de discutir comigo para demonstrar que sim, que tens problemas e que não tens tudo o que queres, TENS TODA A RAZÃO, DEMONSTRASTE DE UMA FORMA EXCELENTE QUE OS PODES CRIAR. Agora que já está demonstrado, DEIXA DE O FAZER E COMEÇA A MANIFESTAR COISAS PARA O TEU BEM.
 
Espero que não entrem em pânico, mas já é hora de que saibam a verdade, não posso continuar a minimizar a seriedade do que está a chegar. Quero que saibam que suceda o que suceder, sem que nada importe, a alma é imortal e TODOS os que se vão de aqui ESTÃO MUITO BEM. NÃO EXISTE O INFERNO, NEM O LIMBO, só existe o Céu (o que percebemos como tal) e TODOS VAMOS PARA LÁ…e acreditem, é LINDO, literalmente.
 
Agora, vamos descrever três experimentos assombrosos com o DNA, que provam as qualidades de auto-cura do mesmo, em concordância com os sentimentos da pessoa, como foi reportado recentemente por Gregg Braden no seu programa “Curando Corações/Curando Nações: A Ciência da Paz e o Poder da Oração”. Gregg Braden começou como cientista e engenheiro antes de começar a fazer-se as grandes perguntas.
 
EXPERIMENTO Nº1
 
O primeiro experimento foi realizado pelo Dr. Vladimir Poponin, um biólogo quântico. Começaram por esvaziar um recipiente (quer dizer que se criou um vazio no seu interior) e depois, o único que deixaram dentro foram fótons, (partículas de luz). Mediram a distribuição desses fótons e verificaram que estavam distribuídos aleatoriamente dentro do recipiente. Este era o resultado esperado. Então colocaram dentro do mesmo uma amostra de DNA e mediram novamente a localização dos fótons.
 
Desta vez os fótons ORGANIZARAM-SE EM LINHA, junto do DNA. Por outras palavras, o DNA físico produziu um efeito nos fótons não-físicos. Depois disto a amostra de DNA foi removida do recipiente e a distribuição dos fótons foi medida novamente. Estes PERMANECERAM ORDENADOS e alinhados no local onde o DNA tinha estado. A que estão conectadas as partículas de luz? Gregg Braden diz que estamos forçados a aceitar a possibilidade de que exista um NOVO campo de energia e que o DNA se esteja a comunicar com os fótons por meio desse campo.
 
EXPERIMENTO Nº 2
 
Este experimento foi realizado pelos militares. Recolheram uma amostra de leucócitos (glóbulos brancos) de um número de doadores. Estas amostras colocaram-se numa habitação equipada com instrumentos de medição de mudanças eléctricas. Neste experimento o doador era colocado numa habitação e submetido a “estímulos emocionais” consistentes em vídeo clips que lhe provocavam emoções. O DNA era colocado noutro local mas dentro do mesmo edifício. Os dois, doador e DNA eram monitorados e quando o doador mostrava oscilações emocionais (medidas por ondas eléctricas) o DNA expressava RESPOSTAS IDÊNTICAS E AO MESMO TEMPO. Não houve lapso de tempo nem atraso de transmissão. As oscilações do DNA COINCIDIRAM EXATAMENTE com as oscilações do doador. Os militares queriam saber a quanta distância podiam separar o doador do seu DNA e continuar a observar esse efeito.
 
Pararam o experimento ao chegar a uma separação de 80 km entre o DNA e o seu doador e continuando a obter o MESMO resultado. Sem lapso e sem atraso de transmissão. O DNA e o doador tiveram as mesmas respostas ao mesmo tempo. Que significa isso? Gregg Braden diz que isto significa que as células vivas se reconhecem através de uma energia não reconhecida anteriormente. Nem o tempo, nem a distância podem afetá-la. Não é uma energia localizada, é uma energia que existe em todos os lados e todo o tempo.
 
EXPERIMENTO Nº 3
 
O terceiro experimento foi realizado pelo Instituto Heart Math e o documento que o suporta tem o título: Efeitos Locais e não Locais de Frequências Coerentes do Coração e Mudanças na Conformação do DNA. Este relaciona-se diretamente com a situação do Antrax. Aqui tomou-se o DNA da placenta humana (a forma mais pura de DNA) e colocou-se num recipiente onde se podiam medir as mudanças do mesmo. Distribuíram-se 28 amostras em tubos de ensaio ao mesmo número de investigadores treinados previamente. Cada investigador tinha sido treinado para gerar e SENTIR sentimentos e todos podiam ter emoções fortes. O que se descobriu foi que o DNA MUDOU A FORMA de acordo com os sentimentos dos investigadores.
 
Quando os investigadores sentiram gratidão, amor e apreço, o DNA respondeu RELAXANDO-SE e os seus filamentos alongaram-se. O DNA ficou mais comprido.
 
Quando SENTIRAM raiva, medo ou stress o DNA respondeu APERTANDO-SE. Ficou mais curto e APAGOU muitos dos seus códigos. Já se sentiram alguma vez, “descarregados” por emoções negativas? Agora já sabem o motivo pelo qual os seus corpos também se descarregam. Os códigos do DNA conectaram-se de novo quando os investigadores tiveram sentimentos de amor, alegria, gratidão e apreço. Este experimento foi aplicado posteriormente a pacientes com VIH positivo. Eles descobriram que os sentimentos de amor, gratidão e apreço criaram 300.000 vezes mais RESPOSTAS IMUNES que a que tiveram sem eles.
 
Portanto aqui temos uma resposta que nos pode ajudar a permanecer com saúde, sem importar o perigoso que o vírus ou a bactéria que flutuam ao redor possam ser: mantendo os sentimentos de alegria, gratidão e apreço. Estas mudanças emocionais foram muito mais que efeitos electromagnéticos. Os indivíduos treinados para sentir amor profundo, foram capazes de mudar a forma do seu DNA. Gregg Braden diz que isto ilustra uma nova forma de energia que conecta toda a criação. Esta energia parece ser uma REDE TECIDA ESTREITAMENTE que interliga toda a matéria. Podemos influenciar essencialmente essa rede de criação por meio da nossa VIBRAÇÃO.
 
Assista o vídeo AQUI.
 
CONCLUSÃO
 
Que relação, podem ter os resultados destes experimentos com a nossa situação atual? Esta é a ciência que nos permite escolher uma linha de tempo que nos possibilita estar a salvo sem importar o que aconteça. Como o explica Greeg Braden no seu livro “O Efeito Isaías”, o tempo não é apenas linear (passado, presente e futuro), senão que também existe em profundidade. A profundidade do tempo consiste em todas as linhas de tempo e de oração (vibração, como cordas de um instrumento musical) que podem ser pronunciadas ou que existem.
 
As nossas orações já foram respondidas, essencialmente. Apenas ativamos a que estamos a viver por meio dos nossos SENTIMENTOS. É assim que criamos a nossa realidade, ao escolhê-la com os nossos sentimentos. Estes estão a ativar a linha de tempo por meio da rede de criação, que interliga a energia e a matéria do Universo. Como diz “Di Masi” no seu livro “O Criador”: nós criamos as nossas convicções. O nosso futuro será o que acreditamos agora.
 
Recorda que, a lei do Universo é que atraímos aquilo em que nos concentramos. Se te centras no medo a qualquer coisa, estás a enviar uma mensagem ao Universo para que te envie o que estás temendo. Mas se, pelo contrário, te manténs com sentimentos de alegria, de amor, de apreço e gratidão e te concentras em atrair mais disso para a tua vida, automaticamente estarás a evadir o negativo. Estarás a escolher uma LINHA DE TEMPO diferente com esses sentimentos.
 
Podem prevenir o contágio de qualquer gripe ou vírus, permanecendo nestes sentimentos positivos que mantêm um sistema imunológico extraordinariamente forte. (“Eu não necessitarei um doutor porque o meu corpo cura-se sozinho, com o pensamento positivo e o descanso físico e mental”). Portanto esta é uma proteção para o que venha: busca algo pelo qual estar alegre todos os dias, cada hora se é possível, momento a momento, ainda que seja uns poucos minutos. Esta é a melhor e mais forte proteção que podes ter.
 
Gregg Braden é o autor de “The Isaiah Effect” e “Awakening to the Zero Point” (O Efeito Isaías e Despertando o Ponto Zero) (Edições Sirio).
Fonte original: Gregg Braden
Página web de Gregg Braden: www.greggbraden.net
 
Tradução: Lúcia (anjodeluz57@gmail.com)

Este post foi lido 4405 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>