Abundance

Privação e Abundância

“Para se viver na abundância, é preciso saber se privar: foi essa a compreensão do sábio. Ele diz para si mesmo: «Eu me privarei de alguns grãos de trigo, e isso me permitirá colher milhares». Em vez de comer esses grãos, ele os semeia, e logo há todo um campo para ceifar. Mas quem não tem essa sabedoria come todos os grãos e, após algum tempo, não lhe resta mais nada e está na miséria. É preciso comer, mas não tudo: deve-se semear o resto.

Os grãos de que lhes falo são os seus pensamentos e os seus sentimentos que devem aprender a semear. Os pensamentos e os sentimentos podem, de fato, trabalhar para o bem de todos, mas desde que não sejam ‘comidos’, ou seja, que não sejam colocados a serviço de interesses egoístas. Quem sabe se privar faz colheitas tão abundantes que não só nunca mais lhe falta nada, como também pode alimentar um grande número de criaturas no mundo.”

Omraam Mikhaël Aïvanhov

Este post foi lido 803 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>