psicoterapia-para-controle-de-raiva

Qual a melhor maneira de lidar com a raiva interior?

Um leitor perguntou recentemente: “Qual é a melhor maneira de lidar com a raiva interior?” Gostaríamos de abordar isso hoje.
 
Quando você carrega raiva, é um indicador de que algo aconteceu para fazer você se sentir com muito medo e impotente. Raiva é um sintoma de um aspecto subjacente que está procurando por cura, por isso, tentar mudar a raiva sem dar atenção ao que está debaixo dela, lhe dará resultados limitados.
 
Pedimos que você se sente com a raiva e pergunte a ela o que está tentando proteger. Com o que ela está reagindo? Não tente levar a raiva a mal, simplesmente explore-a. Raiva é como uma tela de proteção. É como uma persona que é tão grande e alta que tem um efeito repulsivo e impede que qualquer pessoa veja o que está por baixo. Mas é o que está por baixo disso que está na mais dolorosa e desesperada necessidade de atenção.
 
Mostre-se como uma pessoa segura para si mesmo e sonde gentilmente o que precisa de seu amor e cura. Do espaço do poder autêntico você pode se mostrar como seu próprio pai, guia e protetor amoroso. Reúna essa parte ferida de você mesmo e dê a ela todo o amor e atenção pelos quais anseia há tanto tempo. Garanta que você o manterá seguro de maneiras que não envolvem a separação. Integre-o ao seu próprio amor e carinho.
 
Depois disso, você deve sentir que sua raiva se dissipou. Você pode até agradecer a raiva por ter assumido o papel de protetor por tanto tempo, mas agora você pode aceitar esse trabalho. Você pode precisar fazer esses passos muitas vezes, já que a raiva pode se tornar um motivo de emoção fora do comum, mas, toda vez que você fizer isso, sentirá que a intensidade diminui. A raiva é exaustiva ao longo do tempo e incrivelmente separadora. Ao integrar esses aspectos com o seu amor e compreensão, é como verter calmante, cura tranquilizante por toda parte e vai permitir-se finalmente descansar.
 
Entenda quando você vê os outros na energia da raiva que quanto maior a raiva, mais magoados, medrosos e fragmentados eles são. Não estamos sugerindo que você se coloque em perigo por alguém que não esteja pronto para evoluir além de sua raiva, mas você pode certamente vê-los através de uma nova lente de compreensão, amor e compaixão.
 
A raiva pode ser um catalisador de mudança. Pode acordar as pessoas e colocá-las em movimento. A ira é um acúmulo de raiva que não criou mudança. É incrivelmente desconfortável para a pessoa que a carrega, pois é isolante, resistente e dolorosa. À medida que seu planeta continua a evoluir e se mover em direção à conexão, a cura do que está por baixo das energias que perpetuam a dor e a separação chegará ao primeiro plano e as pessoas substituirão o falso poder da raiva pelo autêntico poder de cura, integração, transformação e auto-expressão mais fortalecida.
 
Arcanjo Gabriel através de Shelley Young
 
Fonte: trinityesoterics.com – Edição e tradução exclusiva dos Trabalhadores da Luz: Laudi Fagundes.

Este post foi lido 795 vezes!

1 responder
  1. Ana Maria
    Ana Maria says:

    Amei o assunto abordado.Estou a seis anos num processo de separação. Administrando raiva, ódio, frustração, decepção,, desilusão. Não foi fácil mas está passando . Precisei dar o colo que preciso e mereço, praticar o poder de viver o hoje e seguir em frente.
    .Achei que raiva era pra jovens mas aos 62 anos vivenciei uma raiva vinda da alma. Aprendi a me conhecer ainda mais.

    Responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>