post-1-f

Qual o teor da sua energia? Leia e descubra

A mediunidade faz parte da natureza. Todos somos médiuns, uns mais, outros menos desenvolvidos, e trocamos energias uns com os outros.
 
Com umas você sente prazer enorme em conversar, com outras você antipatiza, quer vê-las pelas costas. Isso não é apenas um capricho seu, mas um reflexo das energias que elas irradiam e você capta.
 
Existem pessoas nutritivas e pessoas sugadoras.
 
As nutritivas são:
 
Independentes
Cuidam de si, assumem suas próprias necessidades, evitam descarregar seus problemas nos outros, procuram ganhar seu próprio dinheiro.
 
Generosas
Dão os bens que não vão mais utilizar, cooperam com as obras de cunho social. Estão sempre se renovando.
 
Confiantes em si
Estudam as experiências alheias, mas na hora de decidir não perguntam aos outros o que fazer.
 
Otimistas
Em todos os acontecimentos olham os lados positivos. Nunca fazem drama de nada.
 
Respeitosas
Nunca invadem o espaço de ninguém. Aceitam os outros como são sem desejar muda-los.
 
As sugadoras são:
 
Vítimas sofredoras
Quando lhes acontece uma coisa boa, ficam logo esperando uma coisa ruim. Culpam o governo, a sociedade, as pessoas por suas dificuldades.
 
Dependentes
Nunca fazem nada sozinhas. Acham tudo difícil. Sentem-se incapazes.
 
Indecisas
Não têm opinião própria. Só fazem o que os outros dizem.
 
Depressivas
Jamais falam do que já têm, só do que ainda lhes falta. Estão sempre querendo atenção especial das pessoas e revoltam-se quando não são atendidas.
 
Inseguras
Apegam-se a tudo e a todos. Têm medo das mudanças, do novo e do futuro. São ansiosas e dramáticas. Vêem o lado pessimista dos fatos.
 
Quando você capta energia de pessoa nutritiva, sente-se muito bem. Mas se de repente sente o corpo pesado, boceja, fica deprimida, triste, com dor de cabeça ou enjôo, provavelmente absorveu as energias de uma pessoa sugadora.
 
Nesse caso, vá para um lugar sossegado e faça o seguinte exercício:
 
Feche os olhos e pergunte mentalmente de onde vêm essas energias. O rosto da pessoa aparecerá em sua memória. Então, imagine que você está dentro de sua pele e diga com firmeza:
 
- Eu não quero nada de você… O que é seu é seu. O que é meu é meu. Fico com minha energia. O resto vai sair agora, não quero isso para mim.
 
Sentirá imediatamente grande alívio. Contudo, se você se sente rejeitada pelas pessoas, está na hora de observar quais as energias que você irradia. Elas são responsáveis por tudo que você atrai em sua vida.
 
Pense nisso.
 
Zíbia Gasparetto

Este post foi lido 10434 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>