??????????????????

Sistemas Antigos de Crença

São suas próprias questões penetrantes de mérito que fazem com que vocês aceitem muito menos do que são seus verdadeiros potenciais.

Essas questões de autoestima estão enraizadas nos sistemas antigos de crença que nunca foram válidos, mas projetados para controlar as massas e manter vocês pequenos e desempoderados.

Vocês também evitam reivindicar seu valor porque ainda caem na ideia que fazê-lo de alguma forma envolve tomá-lo do outro.

Queridos, é hora de deixar ir de uma vez por todas essas ideias antigas e tremendamente limitantes.

Há muito espaço no planeta para vocês brilharem fortemente em sua mais gloriosa expressão do eu, não em detrimento dos outros, mas, ao contrário, pelo bem maior de todos!

Viver em seu potencial total simplesmente significa expandir para sua mais alta expressão do eu de um modo que serve o todo (que, é claro, inclui você).

Trata-se de mudar para a equidade, verdade, equilíbrio e sua própria gloriosa expressão do eu que honra sua alma, seu propósito, a humanidade e seu amado planeta.

Isso não parece exatamente com que o que vocês sempre estiveram procurando?

Arcanjo Gabriel

Arcanjo Gabriel através de Shelley Young

http://trinityesoterics.com

Facebook: Trinity Esoterics
Twitter: @trinityesoteric
YouTube: http://www.youtube.com/user/trinityesoterics

Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

Este post foi lido 3090 vezes!

1 responder
  1. Jana Gamba
    Jana Gamba says:

    Não há nada de espiritual ou bonito em manter-se pequeno. Frequentemente a gente se pergunta “quem eu acho que eu sou para brilhar?”, quando a pergunta certa é “Mas, por que não? O que há de errado em querer isso?”. Gratidão pelo texto!

    Responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>