A Grande Fraternidade Branca

A Grande Fraternidade Branca é composta de Seres Ascencionados que, reunidos como uma fantástica Hierarquia Cósmica, protegem e orientam a humanidade à milênios.

Estes Seres de Luz se esforçam para mostrar aos humanos que Deus não é um ser intangível e distanciado dos homens, mas um Ser que habita em cada coração.

Os Mestres Ascencionados já viveram encarnados aqui na Terra, tal como nós, e aqui neste plano se aplicaram e trabalharam para a compreensão da Verdade. Hoje eles se esmeram para que esta mesma Verdade seja compreendida e executada por cada um de nós para que obtenhamos os mesmos resultados: ascensão e liberdade.

A cada humano Deus concede o livre arbítrio, faculdade que é pessoal e intransferível. Daí que a felicidade, a saúde, o bem estar, a realização pessoal não são empreendimentos que não dependam de mais ninguém que não o homem e seu livre arbítrio. Portanto não podemos e não devemos responsabilizar ninguém, além de nós mesmos, por todas as nossas realizações, sejam positivas ou negativas.

Cada um de nós possui dentro de si mesmo uma personalidade salvadora que, manejada pelo livre arbítrio resgata os homens de suas dores e sofrimentos. 

Mestres elevados têm encarnado mas diversas eras do mundo como mensageiros ou enviados de Deus. Assim: Moisés ainda reverenciado pelos judeus; o profeta Maomé, mestre dos maometanos; Sidarta Gautama. O Buda; e Jesus, o Cristo são alguns destes Mensageiros do Senhor, que caminharam tal como nós por este planeta e ainda hoje continuam suas missões de amor e misericórdia pelos ainda encarnados na Terra.

Quando apelamos a Deus através de orações, invocações ou apelos, estes pedidos sempre são ouvidos pelo Criador. 

As Legiões de Luz e os Mestres Ascencionados acorrem rápido em socorro daquele que invoca o auxilio de Deus.

É este justamente nosso propósito: ajudar a adquirir e ampliar o conhecimento sobre os Mestres Ascencionados da Grande Fraternidade Branca e a Hierarquia Angelical.

É importante salientar que o objetivo sempre deve ser o “nós” coletivo. Para tanto é necessário abrir mão dos interesses egoístas, sentimentos mesquinhos e menores, que nos diminuem perante os olhos sagrados de Deus.

A ação abrangente e humanitária acontece quando reconhecemos no outro a parcela Divina que o habita. Para que possamos fazer esse reconhecimento é necessário reconhecer, aceitar e engrandecer a parcela Divina que nos habita.

Esta parcela ou força em nós é a Presença 

EU SOU.

Este post foi lido 1003 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>