intuição

A importância dos sinais

Como vencer o medo para criar uma nova realidade, mais feliz e próspera? Essa é uma grande questão da humanidade.
 
Nós não estamos sozinhos nessa caminhada, existe a nossa consciência, que nos acompanha, procurando nos auxiliar a todo momento. Ela nos passa instruções que nos chegam através de intuições, insights e de sonhos…. essas instruções nos chegam, até mesmo, através dos conhecimentos que adquirimos. O grande empecilho para o melhor aproveitamento dessas informações esbarra na ignorância sobre as Leis da existência. Por conta dessa ignorância, o ser humano coloca uma venda nos olhos e só enxerga aquilo que sentidos podem alcançar. Alguns até percebem os sinais mas os colocam de lado, preferindo tomar suas decisões baseados apenas na razão. Agindo assim, fecham o canal de conexão com a Inteligência Superior.
 
Quando não colocamos em movimento aquilo que recebemos, nós fechamos o canal e deixamos de receber.
 
A partir do momento que você ficar atento aos sinais que, diariamente chegam, e colocar em prática aquilo que é orientado, você irá receber muito mais!
 
Você passa a ser preenchido por toda a sua essência divina e sua confiança vai crescendo a ponto de dissolver todos os resquícios de medo que existem em você.
 
Prestem atenção aos sinais, eles existem para orientá-lo para o melhor caminho a seguir.
 
Quer criar uma nova realidade?
 
Quer acessar essa consciência que vai te orientar pelos melhores caminhos?
 
Clique no link abaixo e venha conversar comigo:
 
Roberto Legey

Roberto_LegeyRoberto Legey
Empresário, consultor, estudioso da espiritualidade, do processo de mudança de consciência planetária e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.

Este post foi lido 3339 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>