post-5-f

Deus está em nosso próximo

Deus se manifesta diante de nós através do nosso próximo.
 
E nos concede preciosas lições de desenvolvimento interior.
 
Quantas vezes Deus nos enviou um aprendizado que saiu da boca de um desafeto mostrando claramente os pontos em que devemos nos modificar.
 
Diversas vezes Deus falou através dos brutos e arrogantes, que nos deixam vermelhos de cólera, para que possamos identificar a extensão e a natureza de nossa raiva.
 
Em várias ocasiões Deus se disfarça daquele que machucamos e nos arrependemos, para com isso aprendamos lições importantes de respeito ao próximo.
 
Deus se transveste das crianças abandonadas, que com seus olhares tímidos nos observam, para testar nosso acolhimento e amor à humanidade.
 
Deus se faz presente no homem que nos deixa esperando muito tempo para testar nossa paciência e perseverança.
 
Deus fala através dos grosseiros e estúpidos, que nos abordam com a marca de sua impolidez, e assim testam nosso melindre e nos ajudam a desenvolver nossa humildade.
 
Deus está presente em cônjuge, companheiro ou namorado que muito amamos, a fim de verificar se nas brigas comuns do dia a dia vamos deixar prevalecer o amor ou a irritação.
 
Deus está presente no filho mimado e mandão, para ver se vamos ceder a tentação de tudo lhe dar e resolver, ou se vamos impor a disciplina necessária ao seu amadurecimento e a sua independência futura.
 
Deus está presente no chefe rude e autoritário a que somos obrigados a conviver, a fim de pôr à prova o mesmo autoritarismo e rudeza que cultivamos em nosso íntimo.
 
Deus está sempre presente naqueles que amamos, para aprendermos a tornar esse amor incondicional, e naqueles que odiamos, para aprendermos o dom de perdoar e aceitar o outro.
 
Deus está em tudo, mas está principalmente naqueles que convivemos.
 
Esses vem contribuir com nossa caminhada humana e nosso aperfeiçoamento espiritual.
 
Ninguém pode amar a Deus e não amar o próximo.
 
O próximo não precisa estar com Deus, mas Deus, sem nenhuma dúvida, está no próximo.
 
Hugo Lapa
 

Este post foi lido 2137 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>