Espiritualidade – Coragem Espiritual

Às vezes precisamos investigar indo fundo para encontrar. Quanto mais profundamente sentirmos que somos um com o Ser Maior Criador Deus, mais nos tornaremos destemidos.

Coragem espiritual significa que agimos a partir do que sentimos, não permitindo que o medo guie nossas vidas. 
Seguimos a orientação interior profunda da Alma. 
Por sermos fiéis a nós mesmos, seguindo nosso coração espiritual, ganhamos coragem e autoconfiança. 
Quando escalamos as alturas espirituais saindo do mundo comum, tornamo-nos expansivos e expressivos no amor.

Podemos eventualmente nos sentir sozinhos por algum tempo, mas atrairemos um novo grupo de pessoas as quais partilham os nossos valores espirituais, para nos acompanhar em nossa jornada. 
Iremos fundo em nossas experiências espirituais da prática do silêncio criativo para encontrarmos coragem interior. Estaremos enraizados na mais profunda ligação com o Divino.

Centrando-nos na autoconfiança e poder interior, nada poderá nos impedir de seguir a direção a qual nosso coração nos conduz.
Coragem Espiritual é um trabalho interior a ser desenvolvido!
Reconhecermos esta coragem todos os dias nos ajudará distinguir as inúmeras facetas da coragem. 
Há coragem física, com a qual nossa cultura se identifica mais; coragem espiritual; coragem de liderança; coragem moral; citando algumas, todas importantes.

Lao-Tzu, filósofo e poeta da China antiga, mais conhecido como o autor do Tao Te Ching e fundador do taoísmo, nos diz: “Ser amado por alguém lhe dá força, enquanto amar alguém lhe dá coragem”.
Infelizmente, a maioria das pessoas não reconhece suas ações corajosas do cotidiano como sendo significativas; mas se olharmos ao redor, começaremos a notar e encontrar pessoas corajosas. 
São pessoas que aproveitam ou se oferecem para atribuições difíceis fora da chamada zona de conforto, sempre dispostas a falar a verdade, compartilhando um coração aberto e mantendo-se completamente responsável por suas posturas corajosas. Faz sentido?

Muitas vezes, os serviços voluntários e altruístas se tornam propósitos de coragem, ao incentivar o avanço e melhoria de outras pessoas. 
Estes são exemplos que apoiam a consciência do coração focado na coragem, enquanto outras pessoas preferem o ‘status quo’ do dito popular “deixe como está e cuidado para não balançar muito o barco”.

Não podemos aprender coragem, permanecendo no que já sabemos!
Pessoas corajosas controlam seus próprios destinos na sinceridade de seus valores. 
Na vida pessoal, pessoas corajosas trazem calor e amor às situações.

Mesmo que “amor” seja muitas vezes a palavra omitida, nosso amor é demonstrado por atos de reflexão, respeito, gentileza e cordialidade que é a antítese das formas demonstradas na ganância. 
A menos que tenhamos refletido intencionalmente em silêncio no nosso coração e Espírito, não poderemos identificar nosso verdadeiro Eu. 
Silêncio gera introspecção. Introspecção aviva o aprendizado.

Às vezes, coragem é nossa voz interior no fim do dia dizendo: “Eu vou tentar de novo amanhã”.
Viver com coragem não é tanto sobre o que estar fazendo, mas como estamos sendo! Está claro?
As ações de líderes autoconscientes estão fundadas sobre a marca da coragem e de como se articulam para a liderança corajosa.
Não há praticamente nada que nos estimule melhor a refletir sobre nós mesmos, nossa vida interior e motivações do que a coragem. Somos encorajados a expandir nossa imaginação, vivendo com espanto e curiosidade, formulando perguntas interessadas.

O que é coragem espiritual?
Coragem espiritual é uma viagem que exige que estejamos sempre no aqui agora.
Elevamos nosso ego a um nível superior de consciência, coragem e fé, definindo uma “autodeclaração de intenção corajosa”, que é o que significa coragem espiritual.

Thomas Merton (1915-1968) escritor espiritualista e monge trapista nos diz: “A fé na orientação do Espírito lhe dá a coragem para assumir riscos, porque você está certo de que em tudo o que possa acontecer, o Poder Superior estará do seu lado e você irá sobreviver”. 
Tornamo-nos conscientes que nossa coragem é um presente do Espírito. Correto?

Então, nossa humildade entra em cena substituindo arrogância.
Demonstrarmos humildade vem de algo além do ego e do mantra: “não posso agora, estou muito ocupado!”

É onde a coragem encontra a Graça Divina! 
Logo, começamos a vivenciar níveis mais altos de coragem centrados no sagrado em nós, despertando e nos instruindo com a Inteligência Espiritual, ou seja, QE – Quociente Espiritual.
Os níveis integrais da coragem consciente residem na Inteligência Espiritual ou sabedoria.
Quociente Espiritual QE é usado para lidarmos com nossos problemas existenciais, como quando nos sentimos presos aos altos e baixos emocionais.
Estaremos cultivando um estilo de vida reflexivo, ou seja, o estado elevado de consciência onde o conhecimento do Ser Maior Criador Deus e das realidades Divinas não ocorre por métodos discursivos, e sim, pela vivência. 
É uma escolha simples, porque a simplicidade dos que vivem com amor está na introspecção.
Caso tenhamos curiosidade sobre QE Quociente Espiritual, que tal desenvolvermos nossa autoconsciência?

Isto é como subirmos os degraus da nossa escada espiritual.

Por Marcos Porto

Postado por Adriana Carmona

Este post foi lido 1316 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>