post-2-e

Liberte-se de você

Você já pensou porque está aqui?
 
Cada filosofia e religião de vocês dará uma resposta diferente a esta questão, mas a quase totalidade delas irá concordar que você está aqui para evoluir, para ser melhor a cada dia, para aprender e se transformar.
 
Sim, em seu mundo até as pedras se transformam, de alguma forma evoluem embora em outra escala de tempo.
 
Seu Universo evolui e arrasta com ele neste movimento tudo que dele faz parte.
 
A evolução é uma função intrínseca de todos os sistemas. Tudo que existe evolui de certa forma.
 
No mundo em que vocês vivem, com este apego tridimensional a evolução, a transformação traz sempre uma perda e um sofrimento. E quanto maior o apego, maior o sofrimento.
 
Sim, porque cada um tem seu ritmo de evolução, cada um se transforma no seu ritmo particular. E esta evolução os afasta dos que estão ao seu lado.
 
É como se fossem vários carros em uma pista, cada um com uma velocidade diferente. Você poderá ficar próximo de alguns carros por algum momento, mas vai inexoravelmente afastar-se deles após um tempo. Vai aproximar-se de outros, apegar-se e afastar-se novamente.
 
Esta constante transformação é o motivo de estarem aqui. Os relacionamentos benéficos são aqueles em que os parceiros respeitam e estimulam incondicionalmente a transformação do outro. Ver o outro evoluir, mesmo que esta evolução signifique o seu afastamento é a base do respeito e do amor verdadeiro.
 
Qualquer coisa diferente disto é apenas um apego egoísta.
 
Apegar-se ao outro e abrir mão de sua evolução para continuar junto também não é amor, mas apenas um apego egóico que causa cobranças futuras, dor e sofrimento. O apego desmedido e ignorante causa estes comportamentos. Ignorante porque abrir mão de seu caminho é desperdiçar uma vida, ser infeliz e fazer todos à sua volta infelizes.
 
Evolução, mudança e transformação causam medo. Muitos de vocês preferem apegar-se a esta vidinha confortável e mesquinha pelo medo do desconhecido. Sua mente racional é um resquício de sua vida animal e luta pela preservação de sua espécie, de seu corpo. Luta para mantê-lo em segurança. Os ditos animais irracionais comportam-se desta maneira e a maioria de vocês também.
 
É comum ouvir muitos de vocês dizendo “Eu sou assim!”.
 
Acham que vão nascer e morrer iguais!!!
 
Então, o que estão fazendo aqui?
 
Pensar desta forma é ser covarde, não ter coragem e ousadia para se transformar, experimentar novas experiências, crescer, ser feliz e fazer outros felizes.
 
Olhe-se como você era um mês atrás.
 
Você se identifica com aquela pessoa, com aquele Ser?
 
Se você se enxerga lá, é porque não viveu neste mês. Você apenas deixou o tempo transcorrer. Isto é pior do que estar morto.
 
Até os mortos evoluem, e você não evoluiu, você não existiu neste tempo!
 
Evoluir, se transformar, é viver, é fazer a energia circular, é o motivo de você estar aqui.
 
Você pode escolher: ficar aí embalsamado deixando o tempo transcorrer nesta vidinha sempre igual ou se transformar, ser um agente de transformação e espalhar felicidade ao seu lado. Viver plenamente e participar desta grande Aventura.
 
Seja um a cada dia, transforme-se, viva e experimente novas emoções e oportunidades.
 
Chegue ao ponto de olhar-se ontem e dizer “Aquele não era Eu!”.
 
Quando sentir isto, terá vivido um dia pleno, terá honrado ao Seu Deus.
 
Apenas Viva, agora, neste momento.
 
Sem amarras, sendo verdadeiramente livre de tudo e principalmente livre de você.
 
Liberte-se, comece agora e seja muito Feliz!
 
Através de Prama Shanti
Em 26/12/2016

prama-shantiPrama Shanti
É terapeuta Energético e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.
pramashanti.wordpress.com
E-mail: pramashanti@lifetech.com.br

Este post foi lido 3033 vezes!

1 responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>