546896_606212139400937_851803748_n

Mensagem de Jesus

“Está na sua natureza percorrer livremente o Divino Cosmos.”
Canal: John Smallman

22.07.2014

Na ilusão, o tempo se expande e se contrai, é irreal e não é confiável, sendo que, na medida em que o experimenta, parece se mover de uma forma linear e regularmente, com o passado e todas as suas memórias, momentaneamente e continuamente fluindo através do presente, nessa incerteza de prever o futuro e tentar defini-lo… quando, repentinamente, alguma coisa bastante inesperada acontece!

E essa é uma muito boa razão para viver no AGORA! Se fixar sua meta de viver no momento do AGORA e lidar com eventos, situações, questões e problemas quando ocorrem, confiando em sua intuição – na sabedoria de seu verdadeiro Eu – tudo fluirá muito mais suave em sua vida.

Tentando adivinhar o que pode acontecer amanhã, na próxima semana, ou no próximo ano intensifica seus níveis de estresse, que experimenta por viver na escuridão da ilusão – digo escuridão, porque a luz do Amor de Deus está oculta pelo manto ou nevoeiro da ilusão.

Para ver claramente, tem que deixar a ilusão e todos os seus conceitos e lógicas muito para trás. Todas as ideias inspiradoras que grandes mentes entre vocês descobriram ao longo das eras, já haviam sido reveladas a elas quando não estavam ancoradas nos limites que a ilusão lhes impôs, quando estavam vagando livre pelo Cosmos, com suas mentes ilimitadas, ignorando todos os preconceitos e crenças culturais que pudessem sugerir que estivessem procurando por um sonho impossível, irreal, um mito.

Está na sua natureza percorrer livremente o Divino Cosmos, sem as restrições do pensamento humano que inventa regras lógicas com base em entendimentos inadequados, que limitam severamente suas habilidades criativas, regulando, contendo e limitando-o artificialmente.

No entanto, estes são aspectos muito convenientes da ilusão, onde a separação parece substancial e tangível, fornecendo um quadro similar ao que, por exemplo, quando está conduzindo um veiculo motorizado, onde todos os veículos, no conjunto, não colidem entre si, porque todos condutores estão sob as mesmas regras de transito, num ambiente muito movimentado. Esse aspecto de regras é muito útil, na medida em que luta com as tensões e ansiedades da vida diária, porque fornece as diretrizes que permitem que esteja razoavelmente certo de que sua segurança pessoal está garantida.

O que aconteceu ao longo das eras é que muitas regras e regulamentos se tornaram uma sobreposição inflexível e inquestionável de tudo o que faz, como uma prisão aberta, restringindo severamente sua capacidade criativa, na forma de bloqueios imaginários de seu progresso – algo como estar numa sala com muitas portas ou saídas, onde apenas uma delas está aberta e, no entanto, como só pode ver aquelas fechadas, acha que, POR ISSO, não consegue sair. Nas últimas décadas tem havido um enorme crescimento no numero de questionamento dessas regras e isso é muito saudável.

Deus os criou LIVRES! Foram vocês que escolheram se restringir, criando a ilusão e encerrando-se dentro dela e, finalmente, questionando-a em grande escala para chegarem a uma percepção coletiva de que se trata de um asilo de loucos!

Foi uma loucura criar a ilusão. Uma tentativa totalmente irrealista e impossível de separar-se de Deus, porque Ele é tudo que existe e, portanto, separar-se Dele é impossível. Ele o criou no Amor, dando tudo que possuía – Amor infinito, infinita sabedoria, conhecimento infinito, poder infinito, habilidades criativas infinitas e oportunidades – e, então, optou por deixar tudo isso de lado e colocar-se num estado de irrealidade, onde evitou esses presentes para se envolver na destruição competitiva de uns contra outros, infinitamente durante eras.

Não importa o que conseguir através de seus constantes e determinados esforços humanos – seja riqueza, posição, reconhecimento, poder – Porque tudo isso é efêmero, não dura e a satisfação muito limitada que fornecem rapidamente desaparece. Sua verdadeira morada é com Deus, sabe disso e nada mais pode satisfazer sua intensa necessidade de ser UM, uma vez mais com Ele.

Levou um longo tempo para que viesse a perceber isso, fazer a escolha coletiva e decidir se envolver novamente com o Amor, para que a ilusão possa se dissolver de volta para o nada, de onde imaginou que existia. Todo momento que gasta dentro de seu tranquilo santuário interior, com intenção amorosa e compassiva aceitação, acelera a velocidade com que a ilusão estará se desintegrando.

Todos os canais espirituais, todos aqueles nos reinos espirituais, continuam salientando a importância vital de atendimento as suas praticas espirituais diárias, porque é assim que despertará. Esse procedimento expressa a intenção primordial para despertar, de conhecer e experimentar a realidade e a unicidade que é a sua natureza verdadeira e eterna. É o que todos engajados com a ilusão buscam e estão procurando.

Profundamente dentro de todos os seres sencientes está o saber que são UM com Deus, a Fonte da qual tudo que existe flui no Amor sem fim. Ao escolher, dar credibilidade à ilusão, ocultou-se de si mesmo e essa é a aparente perda que é tão dolorosa para você. Nada pode satisfatoriamente substituir o sentido abrangente da aceitação que a Unidade e o Amor, que é a sua natureza proporciona, nada!

Só existe a Unidade, nada fora ou além, nem passado ou futuro, Somente AGORA, onde é UM com a Fonte. Quando acordar, como certamente irá, a alegria e admiração substituirão todas as suas dúvidas, ansiedades e temores, devolvendo-o a um estado de felicidade em êxtase inimaginável. Interiorize-se diariamente, de hora em hora, se puder e desfrute desses sentimentos, porque é isso que justamente está aqui para fazer.

Seu irmão amoroso, Jesus.

Tradução: Candido Pedro Jorge

Este post foi lido 1218 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>