rowena A

Mestra Rowena – Nós sempre ouvimos o seu chamado

Mestra Rowena

Canal  Maria Silvia P. Orlovas

01.11.2014

Nós sempre ouvimos o seu chamado

Nós sempre ouvimos o seu chamado.
Eu vim pelas Flores. Eu agradeço as Flores.
Eu vim pelo seu coração puro. Eu agradeço o seu coração puro.
Eu vim pelo Amor. Eu agradeço o seu Amor.
Eu vim pelo desejo de evolução. Porque, quando existe essa conexão entre vocês e nós, aqui nós estamos.

Eu Sou Mestra Rowena e estou na sintonia, na frequência da Chama Rosa. E quero dizer á vocês,
meus amados, que quando seus pensamentos forem limpos, amorosos, puros, perfumados como um jardim… Ali, Eu estou.
Não se maltratem pensando nas imperfeições.
Não se maltratem pensando nas impurezas.
Não se contaminem com os pensamentos negativos das pessoas, nem com os seus próprios pensamentos negativos. Porque vocês são mais que isso. Nós conseguimos ver a sua Alma.

Antes de vocês encarnarem, muitos de vocês viviam num estado de consciência que lhes permitiam ver além das questões normais, corriqueiras do dia-a-dia. Muitos de vocês já estavam conectados a nós – a nossa Grande Fraternidade.

Muitos de vocês ousaram encarnar para encontrar desafios grandes, aqui na Terra. Mas, se assim fizeram, foi porque se achavam prontos. Se assim escolheram, foi porque acharam que iriam vencer ¬– não o Mundo, mas, principalmente, a luta interior.

Vocês não vieram aqui neste Mundo, para deixar tudo certinho.
Vocês não nasceram para deixar um Mundo sem pegadas.
Vocês encarnaram, justamente, para modificar; para arrumar o seu comportamento, a sua vida, as suas palavras, as suas relações.

Vocês nasceram com a oportunidade de fazer, nessa vida, coisas diferentes de tudo aquilo que já fizeram em outras existências. E alguns podem dizer:

“Mas, como? Eu não me lembro!
Não me lembro quem eu fui… Não me lembro o que eu fiz… Não me lembro sequer o que… Quais as escolhas, nesta vida, que me levaram a ter hoje o que eu tenho… Bom ou Mal.”

De fato, o grande Véu de Maia – que cobre a humanidade – é um manto protetor e, ao mesmo tempo, pode os afastar da sua Consciência de Luz.

Mas, assim deve ser. Porque por tão pouco vocês sofrem. Por pequenos sofrimentos, vocês se afastam do caminho espiritual. Por pequenas dores, vocês desacreditam da presença dos Mentores.

Imaginem então, se vocês se lembrassem de tudo? Imaginem então, se vocês tivessem a consciência de tudo àquilo que teriam que passar nessa vida?

Como seria a sua história? Como seria o seu caminho? Como seria o seu aprendizado?

Amada Mãe Maia, agradecemos o Véu obscuro da ilusão. Porque, somente através dele, conseguimos chegar a Luz.

Meus queridos, meus amados, filhos do meu coração, flores do meu jardim… Se fortaleçam no Bem. E não tenham medo de mudar pequenas e grandes coisas nas suas vidas. Tenham força. Tenham comunhão com o seu espiritual, para fazer essas mudanças.

A força não é bruta. A força é a Força do Amor.
O compromisso não é o compromisso do Guerreiro. É um compromisso muito mais sutil, que é o Compromisso do Pacificador.

Mas, o Pacificador não é um Homem fraco, nem o Homem que se rende, sem princípios ou sem fé. Ao contrário, aquele que trabalha a serviço do Amor é incansável. Pode ser derrubado hoje, mas voltará amanhã, com toda a sua Força e com todo o seu Poder.

A Chama Rosa, atua no Terceiro Raio, na Divina Trindade. Justamente, porque é a Força do Amor. E é o Amor que constrói. E é o Amor que torna vocês muito fortes. Que permite que vocês errem e se levantem.
Façam da vida de vocês um jardim. Façam das suas flores o seu perfume. E acreditem, sempre, que
estão protegidos e abençoados, ainda que não nos possam ver.

O caminho do Amor se mistura com o caminho da Fé e da Sabedoria Divina. E essa é toda a força que vocês precisam.

Recebam o meu Amor e Luz, e minha Gratidão. Por ver, em vocês, os belos Jardins do Coração.

Sempre que me oferecerem flores, ali Eu estarei. Obrigada.

Mestra Rowena

http://mariasilviaporlovas.blogspot.com.br/2014/11/mestra-rowena-nos-sempre-ouvimos-o-seu.html

Este post foi lido 2038 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>