24871

O Brasil será uma grande nação

Temos acompanhado cada vez mais manifestações pelo Brasil afora. São manifestações contra e a favor do governo atual que têm alcançado níveis internacionais. Mais que momento de manifestar, esse é o momento de nos unir. Unir não CONTRA o governo, mas a FAVOR da justiça e do país. Principalmente, não devemos nos virar contra quem apoia ou não apoia o governo.
 
Quanto mais atacarmos nossos irmãos que pensam de maneira diferente da nossa e travarmos uma guerra de opiniões, mais dificuldade as entidades do bem terão de nos ajudar.
 
Sim, não é fácil. Esse é o desafio do desperto: ter a sua própria opinião sem crucificar e condenar as opiniões contrárias. Vemos muitas discussões, principalmente na internet, que não levam a lugar nenhum porque não são construtivas, mas servem apenas para atacar uns aos outros. “Responder a ofensa com ofensa é como lavar a alma com lama.”, já disse Dalai Lama.
 
A questão não é provar quem está certo. A intenção não é travar uma guerra da Esquerda contra a Direita, ou vice versa. As manifestações devem servir para unir todos os brasileiros por um bem comum à todos, sem exceção. A intenção é que, quem roubou a população, pague de acordo com as leis terrenas, seja de qual partido for.
 
Eurípedes Barsanulfo acrescenta: “É preciso modificar o clima espiritual do Brasil. É imperioso que o sopro renovador de confiança, de fé nos altos destinos de nossa nação, varra para longe os miasmas do desalento e do desânimo.”
 
Devemos limpar nosso campo energético para a atuação de nossos amigos do plano superior. Inclusive, não odiando ou querendo o mal aos nossos irmãos e aos políticos, mas, apenas, desejando que a justiça seja feita e que os maus deem espaço aos bons. Ódio e intolerância apenas atraem espíritos que se alimentam de ódio e intolerância. A mudança começa em nós mesmo, em todos os sentidos da vida.
 
Questionado sobre esse assunto, Divaldo Franco dá seu depoimento à respeito das manifestações: “Confunde-se o espírita com o Espiritismo. O Espiritismo é doutrina apolítica; mas o espírita, como cidadão, tem o direito de ver, de votar e de ser votado.
 
Então, ele que obedece as leis estabelecidas deve manifestar a sua opinião, especialmente diante das arbitrariedades, das situações deploráveis que são impostas, às vezes, por governos arbitrários e injustos.
 
Não cruzando os braços, esperando que os Céus realizem a tarefa que lhe compete. Se ele não deseja a militância política, o que é um direito, ele não se pode eximir de contribuir para um mundo melhor, auxiliando aqueles que têm a missão política de construir uma sociedade mais feliz.”
 
Tenham todos uma boa manifestação, regada de muito respeito e amor ao próximo!
 
“O Brasil será, um dia, uma grande Nação. Desde que seja governado por homens de bem.”
 
Chico Xavier.
 
Por Ana Maria Teodoro Massuci
 

Este post foi lido 2554 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>