maxresdefault

O significado da vida

Eu, Saint Germain, envio minha energia e luz, de uma clareza e purificação violeta e dourada, para que penetre em cada um dos seus chacras. Queiram receber a minha luz em seu ser, permitindo que cada chacra se harmonize e se unifique, criando uma bela onda e atualização de luz em seu ser.
 
À medida que a clareza e a purificação preenchem o seu ser, emanando em todas as direções, permitam que a sua clareza interior desperte e acesse a sua percepção consciente.
Vocês são seres de clareza divina. Eu, Saint Germain, os convido a recitar para si mesmos, enquanto experimentam a onda de luz por todo o seu ser: ‘Eu Sou a clareza divina em manifestação’.
 
Quando sentirem como se estivessem incorporando a afirmação, sentindo e reconhecendo o seu significado, então, simplesmente sentem-se tranquilamente e observem tudo o que vocês são: a presença divina da clareza. Aproveitem a sensação mesmo que não consigam compreender ou explicar a experiência.
 
Enquanto começamos nossa comunicação hoje, juntos, com a presença desperta e reconhecida da sua clareza interior, vamos examinar um assunto profundo: o significado da vida. É somente com a presença da clareza interior que este assunto pode começar a ser compreendido. É importante para mim, afirmar que estou falando do significado da vida terrena e das missões da alma.
 
O significado da vida é pessoal para cada ser na Terra
 
Não podemos determinar a outro ser qual o significado, propósito ou valor de sua vida. Até com a mais profunda conexão com o Criador, a aceitação da consciência da Terra e a exploração do plano divino do Criador, ainda somos incapazes de compreender plenamente o propósito da sua alma. Também não é para vocês tentar fazê-lo.
 
Com uma conexão com o Criador, aceitação da consciência terrena e a exploração do plano divino do Criador, vocês têm a capacidade de reconhecer o significado da própria existência na Terra. Consequentemente, podemos reconhecer que é no interior do seu ser que a sua exploração pode se aprofundar, enquanto que a sua compaixão, aceitação e perdão são exigidos pelos outros.
 
Descobrir o significado de sua vida é perceber sua verdade interna
 
A depender de como vocês se compreendem e a existência na Terra, isso influenciará o nível do significado de sua vida com a qual vocês se conectam. Há uma versão do seu significado de vida dentro dos seus corpos emocional, mental, físico, espiritual e da alma. Cada versão será ligeiramente diferente e trará a realização ao aspecto do seu ser que a contém.
 
Quando um aspecto do seu ser não está cumprindo o seu significado ou propósito em sua atual existência, é quando a desarmonia e o desequilíbrio podem se manifestar em seu ser e em suas experiências.
 
Cada versão do seu significado de vida é semelhante a uma peça do quebra-cabeças, quando tudo está engatado, ativado e energizado, vocês se sentem completos na Terra e em sua existência, sentindo-se íntegros e equilibrados em níveis espiritual e físico.
 
Para descobrir o significado de sua vida, vocês podem começar perguntando, um após o outro, ao seu corpo emocional, corpo mental, corpo físico, corpo espiritual e alma: ‘Qual é o seu maior objetivo na existência atual? O que você deseja superar ou curar, e o que deseja incorporar plenamente?’
 
Reservar tempo para se conectar com esses cinco aspectos do seu ser lhes permitirá compilar e formar um cenário de clareza, direção e estímulo em sua percepção consciente, o que permitirá que vocês fluam mais profundamente em sua verdade.
 
À medida que um cenário maior, visão, compreensão ou conhecimento despertar em seu ser, então vocês compreendem o plano divino para a sua existência. Isso irá ativar uma compreensão maior de como vocês podem estar a serviço, como podem se curar, como podem experimentar a realização e muito mais.
 
Abrir mão das exigências egoicas de separação, medo e drama, os leva a um espaço de paz interna
 
Quando vocês experimentam uma presença maior de paz em seu ser, principalmente em seu ego, então é mais fácil reconhecer a presença do Criador em cada momento de sua existência. A paz do ego é quando não se está mais concentrado na sobrevivência, e, em vez disso, há uma concentração na presença do contentamento e da felicidade.
 
Quando o seu ego está focado na sobrevivência, isso influencia todo o seu ser e sua realidade de maneiras poderosas, o que promove experiências de desafios, dor e sofrimento. Assim como os pensamentos negativos e destrutivos e os sentimentos de não ser dignos, não amados e não merecedores.
 
Quando vocês estão vivenciando a percepção do ego e se concentram na sobrevivência de cada dia, vocês estão se distraindo do verdadeiro significado de sua vida. Consequentemente, o foco do ego na sobrevivência torna-se o significado de sua vida.
 
Vocês podem invocar minhas energias e minha presença, de Saint Germain, para curar e dissipar as energias do medo, da separação e do drama, que vocês podem estar mantendo e incorporando, além de me convidar para realinhar o seu ego ao propósito original de apoiá-los em experimentar plenamente o significado de sua vida.
 
‘Saint Germain, eu o invoco a trabalhar comigo durante meus períodos de sono, a partir de agora, até que a sua presença e o seu serviço não sejam mais necessários.
 
Queira compartilhar comigo a cura mais apropriada para apoiar-me na liberação de quaisquer energias de medo, separação e drama.
 
Com facilidade e perfeição, apoie-me em fazer essa mudança energética em meu ser.
 
Saint Germain, além disso, o convido a desfazer o alinhamento do meu ego com quaisquer aspectos negativos de sobrevivência e realinhá-lo com o contentamento, a felicidade e apoiar-me em conhecer, experimentar e incorporar o significado de minha vida.
 
Agradeço antecipadamente pelo trabalho que realizar comigo.’
 
Esse pedido só precisa ser feito uma vez para mim, e eu começarei o processo durante os seus períodos de sono, prosseguindo até que uma percepção maior do significado de sua vida se manifeste em sua consciência.
 
A inspiração expande sua energia e lhes permite acessar a totalidade do seu ser e do Criador
 
Quando eu, Saint Germain, vivia na Terra, percebi que se eu me estimulasse a ficar continuamente inspirado e escolhesse as experiências, pessoas e lugares que me inspirassem, então, eu ficava continuamente em um estado de energia expandida capaz de me conectar ao Criador em um nível mais profundo.
 
Isso me serviu e me encorajou a perceber que a minha inspiração e energia expandida/consciência estavam sendo projetadas a partir do meu ser.
 
Então, percebi que os sentimentos e o despertar da inspiração eram o Criador falando comigo e por meu intermédio, uma ativação da energia do Criador de dentro de mim, encontrei todos os aspectos do meu ser, pensamentos, emoções e manifestações inspiradores, explorando-os com grande profundidade.
 
A constante agitação da luz, do amor e da conexão em meu ser criou uma unicidade e unidade profundas com o Criador que nasceu em meu íntimo.
 
O nascimento do Criador dentro de mim foi de longe a maior experiência de conexão com o Criador que já tivera anteriormente. Descobri-me como uma verdadeira expressão do Criador, sentindo que adotei o poder para inspirar o despertar do Criador nos outros.
 
Minha trajetória continuou a mergulhar mais fundo nas profundezas do Criador dentro de mim, e assim, os caminhos diante de mim se tornaram uma expressão do Criador, enchendo-me de clareza, direção, paz e significado.
 
Convidem-me a caminhar a seu lado e a direcionar a sua atenção para aquilo que os inspira interna e externamente.
 
Com clareza amorosa,
 
Saint Germain
 
Canalizada por Natalie Glasson
 
 
Direitos Autorais: Natalie Glasson – www.omna.org
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Este post foi lido 1991 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>