Post 1-F

Os Frutos do Espírito – Discernimento

É interessante a forma como esses Frutos do Espírito que estamos estudando têm complementado um ao outro! E a cada um que vemos, entendemos que é preciso cultivar todos, indiscriminadamente. Pois cada Fruto desperta em nós algo necessário para uma vida feliz e satisfatória. E o nosso Fruto de hoje é o Discernimento. Como é importante cultivá-lo!
 
Discernimento é a capacidade de saber decidir, escolher com bom senso, avaliar algo com clareza, sabedoria. Uma pessoa que anda de mãos dadas com o discernimento assegura-se de evitar inúmeros contratempos, infortúnios, problemas. O discernimento nos concede a visão do que é melhor em cada momento ou circunstância. Julgar nossas ações e avaliar nossas escolhas e decisões antes de realizá-las é abraçar o discernimento.
 
Normalmente agimos por impulso, vamos e fazemos pra depois pensarmos no que foi feito. E isso traz consequências! E quantas delas não são nada agradáveis? Pois então, o discernimento evita esses transtornos que são desnecessários. Claro que em muitos casos teremos de pagar pra ver, mas mesmo assim, podemos inserir aí o discernimento de compreender que muitas vezes a experiência nos dará as melhores conclusões sobre determinada situação.
 
E naquilo que se pode evitar, o discernimento é uma ferramenta de sabedoria e humildade. Discernimento pra saber o que falar, quando falar, o que postar nas redes sociais, o que pode ser exposto acerca da nossa vida pessoal. Discernimento para avaliar com quem andamos, nossas relações e amizades. Discernimento para escolher os caminhos melhores pra nossa vida e pra fazer isso, um planejamento e estudo dos efeitos a curto, médio e longo prazo é importante e ajuda muito.
 
Discernimento pra reconhecer que na dúvida, pare, pense melhor. Avalie novamente, espere um pouco, aja com maturidade, cautela, mansidão e assertividade. Tudo isso, o discernimento nos ajuda a obter e praticar.
 
 
Quem cultiva o discernimento evita o desnecessário aborrecimento, rimou. Só temos a ganhar quando fazemos dele um aliado em nossas escolhas, decisões e ações. É o famoso “contar até dez” antes de falar ou agir. Mas, quando o assunto é nossa felicidade, às vezes, contar até mil vale a pena. Em outros casos, pensar demais atrapalha. E pra saber quando é hora de agir ou dar um passo para trás, nada melhor do que o discernimento pra dar essa clareza.
 
E quando não conseguimos ter essa lucidez sozinhos, é aí que entram os amigos (verdadeiros), os orientadores, os terapeutas. Pessoas capacitadas para ajudar você a tomar boas decisões, pensando e estudando a situação de forma sábia, paciente, segura, confiante e principalmente promissora.
 
O próximo Fruto que veremos será Bondade.
 
Crer é a chave!
Vinícius Francis

vinicius-francisVinícius Francis
É escritor, canalizador, terapeuta metafísico e colaborador do Movimento PENSO POSITIVO.
www.os-filhos-da-alva.blogspot.com.br
E-mail: viniciusarm@yahoo.com.br

Este post foi lido 1665 vezes!

1 responder
  1. CARMEM CORRÊA MIRANDA
    CARMEM CORRÊA MIRANDA says:

    Ótimo texto, porém o DISCERNIMENTO não é uma característica do fruto do Espírito (o fruto é só um, e deve ser escrito no singular) e sim, um dom espiritual. Ajeitando essas incoerências, seu texto ficará maravilhoso!!!

    Responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>