a-culpa-e-da-mulher.html

Perdas da vida

Se você perdeu algo, não era seu de verdade.
 
Se esse algo for mesmo para você, não se preocupe, pois ele vai retornar.
 
Nada do que não é nosso fica conosco.
 
E nada do que nos pertence pode ir embora.
 
Se nunca mais voltou, não chore, pois não era para você.
 
Mas se era para você, não chore também, pois o regresso é certo.
 
Tudo o que vai embora, nunca nos pertenceu;
 
E se nos pertence, não importa o quanto demore, um dia é restituído.
 
Ninguém deve chorar pela ilusão destruída,
 
Mas antes agradecer pela verdade desvelada.
 
Assim como a banana jogada na terra se torna adubo, o erro cometido se transforma no adubo da experiência e sabedoria.
 
Não se preocupe com as perdas da vida.
 
Pois é certo que jamais há perda, mas sim renovação, recomeço, um novo advento.
 
Quando perdemos uma coisa, ganhamos outra.
 
A vida é um contínuo abrir mão do que se possui por algo maior.
 
Somente sofre aquele que não admite perder agora para ganhar depois.
 
Como a lagarta que perde sua roupagem rastejante, para sair do casulo e abrir suas belas asas em encantadores voos extáticos.
 
Somente ganha de verdade, quem conquista em espírito.
 
O que é do corpo, perece; o que é do espírito, permanece.
 
A matéria se degrada, o sentimento se esvai, mas o espírito é perene…
 
Você pode perder uma coisa, pode perder dinheiro, pode perder uma pessoa, pode perder sua saúde, só não pode mesmo, jamais, perder a si mesmo, quem você é em essência.
 
Muitas pessoas preferem ganhar no mundo às custas de desistirem de si mesmos.
 
Perdem tempo trabalhando para ganhar dinheiro e desistem de buscar quem eles são.
 
A pior perda é quando deixamos a vida nos levar.
 
E nos tornamos robôs ou marionetes das circunstâncias.
 
Hugo Lapa
 

Este post foi lido 2751 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>