vontade-divina

Quando a vontade divina se manifesta

“Quando a vontade Divina se manifesta, como já lhes dissemos antes, o mal serve ao bem. Todas as ações negativas, as situações de stress, as situações de dor, as situações de conflito, servem ao bem.
 
Enganam-se aqueles que acreditam na força de dois poderes, por que Deus é uno, o poder de Deus é uno, então, todas as manifestações negativas, todo sofrimento serve ao bem, para que haja o crescimento, é preciso que se constate, no mundo material, no mundo emocional, no mundo físico, no mundo do coração das pessoas o que é bom e o que é mau.
 
Uma das leis que rege este plano de existência é o livre arbítrio, essa grande gangorra cósmica, essa grande balança espiritual. O homem tem sempre o direito de escolher a quem servir, as suas sombras ou a sua luz, e ainda assim, servindo as sombras ou servindo a luz, ele está servindo a Deus, e ao propósito maior, e a sua condição de ser infinito, de ser de luz, que está acima da transitoriedade da terra.
 
Aqui neste plano, vocês olham uma árvore, e não enxergam as raízes, vocês olham o dia, o sol, e se esquecem que ele é a consequência da noite. Vocês olham a criança, e se esquecem que ela é consequência de uma mãe que um dia carregou no seu ventre. Vocês olham o trabalho, e se esquecem, que antes de vocês estarem ali executando seu serviço, alguém criou aquela necessidade e aquela função.
 
Meus amados, o mal serve ao bem, sempre foi assim, e sempre será assim. Todas as ações de expurgo que o planeta está passando no plano objetivo, também está passando no plano sutil, nas emoções, nos sentimentos, nas atitudes, nos pensamentos das pessoas. A grande transformação, vem do próprio homem, por que por mais que nós tenhamos um destino cósmico, espiritual, um caminho de ascensão, de transformação para todos vocês, essa transformação, só é possível, através da consciência da dor, vejam bem que, não falamos de limitação da dor, nem de limitação através da doença, nem de limitação através da raiva, ou do sofrimento, ou da penúria, ou da lástima, nós somos Senhores da prosperidade, da fartura, da abundância, da saúde, do crescer, do expandir, da consciência Crística e do Eu Cósmico, e estamos aqui, no nosso despertar, fazendo com que cada um de vocês, acredite, potencialize e compartilhe a sua luz, e quando uma luz muito grande está por vir, e se fazer verdade, a escuridão se mobiliza, pensem, sintam, a natureza é sábia e mostra todos os dias o seu carinho a vocês.
 
Antes do amanhecer, é quando a madrugada é mais escura, então não se desesperem, quando sentem dor, não se desesperem quando não entendem as coisas, não se desesperem quando enfrentam algum tipo de penúria, contrariedade, adversidade, por que aquele momento, é o momento em que você está ganhando maior impulso para seu Eu de Luz se manifestar, e ser o seu caminho, a sua vida e a sua verdade.
 
Eu Sou Rafael e aqui estou e sempre estive, e estarei como orientador na energia da cura, da libertação, trago a verdade em minhas palavras, e a verdade como cura e manifestação do seu Eu. Eu Sou a Luz, por que Eu Sou Amor, Eu Sou a Verdade por que Eu Sou o Amor, e a verdade de Deus é a verdade do amor. Eu me doo com amor é o meu mantra, e eu recebo com amor, também é o meu mantra. A verdade está atrás, está na frente, por cima e por baixo, da Presença Divina, onde existe apenas um poder, o poder do amor.
 
Recebam as nossas bênçãos e a nossa luz, e sigam o caminho de vocês, em harmonia, e em paz, confiantes, de que cada pedaço difícil, que cada ponte a ser atravessada, que cada dificuldade, é um passo a mais na sua evolução, e na manifestação do poder Divino que é amor. Tenham paz!!!”
 
Canalizada por Maria Silvia P. Orlovas
08.12.2015
 

Este post foi lido 2965 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>