Post 1-C

Raízes – Reconhecer a nossa origem é compreender a vida

Nós somos pura energia em crescimento, a seiva da vida, a força pulsante do amor.

Quando pensamos em desenvolvimento pessoal, em equilíbrio, em paz interior, em resgatar tudo de bom que a vida pode nos oferecer, a intuição nos leva a necessidade de nos fortalecer e de procurar o caminho de volta para nossa casa, o retorno as nossas raízes. Muitas vezes nesse processo nos deparamos com muitos impedimentos e resistências criados ao longo dos anos por um comportamento automático e uma mente viciada em auto-sabotagem.

O caminho do autoconhecimento é escolher ir pela porta estreita, é aos poucos ir deixando para trás os atalhos, as desculpas, as justificativas e investir com determinação na iluminação, ou seja, na libertação do verdadeiro Ser. Não existe evolução sem desafio, ou criação sem a contradição dos opostos.  Conhecer e aceitar o nosso lado sombrio é adubo para nossa luz interior crescer e florescer. No decorrer do nosso amadurecimento muita coisa boa é encoberta pelos nossos traumas, nossas culpas, nossos erros. É como se criássemos uma crosta de barro embrutecendo a nossa essência brilhante.

Reconhecer a nossa origem é compreender a vida de forma cada vez mais consciente. É saber que somos muito mais do que o papel que desempenhamos na sociedade, do que as máscaras que criamos para nos proteger do medo e da dor.  O que nos sustenta?  Quais são as nossas crenças? O que a nossa sombra reprimida está projetando de dificuldade no nosso caminho? Será a terra o arado determinante das nossas atitudes?  O solo é o pólen composto da herança divina de todos os seres do cosmos. Nele encontramos infinitas combinações e possibilidades. Quais informações nós escolhemos absorver? Será que somos a pessoa em que nos tornamos? Será que estamos produzindo bons frutos?

Nós comumente temos o mau hábito de responsabilizar o mundo, a família, as decepções do caminho e o inimigo pelo nosso fracasso, pelas nossas tendências e atitudes negativas. Rejeitar as nossas imperfeições acaba perpetuando situações e acontecimentos indesejáveis. Dominados pelos nossos impulsos resistimos insistentemente num labirinto de sentimentos de raiva, vergonha, arrogância e carência.  A única cura para sair desse ciclo viciante é o perdão, é olhar para nós mesmos com compaixão. É conviver pacificamente com nossas qualidades e imperfeições para poder transpor o sofrimento e ter a benção de ser simplesmente autentico. É a coragem da entrega.  É recuperar a ética, o vigor da alma, com paciência e resiliência.

A maturação deve ser natural e gradativa respeitando o tempo de cada um. O universo sempre conspira ao nosso favor, nós é que não enxergamos. Nós nunca estamos sozinhos apesar de todo processo ser individual. A ajuda, o apoio, o carinho está disponível para todos. Nós precisamos sair do automático para resgatar o poder pessoal, começar a fazer perguntas, mesmo sabendo que dentro de nós já estão todas as respostas. Recuperar a sabedoria interior assumindo nossa auto-responsabilidade de ser feliz e fazer acontecer o nosso melhor e. Transformar a nós mesmos para obter a colheita que desejamos com novas atitudes e novos pensamentos.  Assim ávidos pelo banquete do conhecimento vamos aproveitar a grande e maravilhosa oportunidade: VIVER!  Nós não somos a terra, não somos os frutos , não  somos  a sombra, nem tão pouco as árvores frondosas em que nos tornamos. Somos na verdade a força invisível de nossas raízes construída pouco a pouco no alicerce da nossa jornada.  Nós somos pura energia em crescimento, a seiva da vida, a força pulsante do amor.

Paz e Luz!

Mônica Dias


Mônica Dias
É Escritora, Reikiana e Shiatsuterapeuta e colaboradora do Movimento PENSO POSITIVO.
E-mail: coracaoemretratos@gmail.com

Este post foi lido 8919 vezes!

1 responder
  1. Luciano
    Luciano says:

    Não existe nada tão perfeito e declarado para os níveis de consciência superior do que o conhecimento interno… Essa desfiguração do ser personal em luz encontra sua base na transfiguração… Mônica… a coisa foi tão repentina que nem sei ao certo como cheguei por aqui em seu site…pérolas de grande valor para as almas… Pelo seu texto posso sentir que não somente está no caminho e sim. o fazendo com presteza na servidão a deus em nossos corações… Todos fazemos parte desse grande movimento que se chama despertar para a luz… Que a paz seja presente sempre para todos aqueles que estão tatuados em seu coração, minha amiga… Vou compartilhar seu lindo texto co o grupo que criei no facebook…Contatus 432 hz… e vou tb posta-lo em meu site Ufo contato e claro estarei citando a fonte… Esteja na paz e na luz de nossos corações, sempre…

    Luciano Du Valle

    Responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>