portvulnerability

Sabedoria dos Anjos – Abra seu coração

Sabedoria dos Anjos

Por Sharon Taphorn
Permita-se ser vulnerável e sinta o amor e todas as suas emoções. O sentimento intenso é uma alegria e não uma maldição e alguns passaram muito tempo silenciando estes sentimentos e os bloqueando, esperando que eles nunca ressurjam e que não tenham que sentir este tipo de dor novamente. É esta mesma energia que o torna vulnerável à dor, que o torna vulnerável ao prazer imenso e profundo do amor. Não há problema algum em sentir intensamente, em ser sensível e estar aberto ao amor, em todos os seus gloriosos aspectos.
A vulnerabilidade é uma força que lhe permite estar aberto para receber. É preciso grande coragem para continuar e se levantar a cada dia e criar um novo começo e fazer o melhor que possa. Estes desafios e a jornada do herói interior são fundamentais para a sua força interior e o sentido de pertencer a tudo o que é. Conexões íntimas e profundas somente podem ser criadas através da compreensão de quem você é, o que você rejeita e não gosta em relação a si mesmo e trazer de volta e nutrir esta parte sua que você rejeitou há muito tempo. A jornada de volta à totalidade é quando você integra as suas muitas facetas e a vulnerabilidade, muitas vezes, é muito desafiadora.
Você é forte, é um sobrevivente, mas é frágil, também. O poder desta vulnerabilidade é que você abre caminho através da liberdade, do amor próprio e da aceitação, e atrai outros relacionamentos saudáveis com o seu coração totalmente aberto.
E assim é.
Você é ternamente amado e apoiado, sempre
Os Anjos e Guias
http://www. playingwiththeuniverse.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Este post foi lido 1176 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>