Post 01

Um grito por amor

Quando você vê a dor e violência em seu mundo, é muito fácil e muito humano cair no medo, na raiva ou no desespero.
 
No entanto, cada vez que você assistir uma “má notícia”, estará sendo dada uma oportunidade ao Amor. Estará sendo dada uma chance de ser o Trabalhador da Luz que você realmente é.
 
Em vez de odiar aqueles que se envolvem em comportamentos repletos de ódio, pare por um momento, e perceba que estas são as almas que estão mais feridas, tão perdidas nas ilusões da separação, cheias de medo e aversão por si próprias, que estão clamando por amor.
 
Não estamos pedindo que você goste deles. E certamente, não estamos pedindo-lhe para tolerar suas ações dolorosas.
 
Por todos os meios, use a justiça social para proteger os inocentes.
 
No entanto, meus queridos, sejam o Amor que vocês são.
 
Usem o seu poder dado por Deus para focar na luz dentro de todas as almas – não importa quão fraca ela seja.
 
Ore para elevar o perdido, o fraco, o cansado, e mesmo aqueles presos pelas correntes de seu próprio ódio, raiva e medo.
 
Sua alma se liberta, quando você pode amar a verdade e a luz mesmo dentro dos mais desligados dela.
 
Nesta amorosa verdade, você estará seguro e protegido.
 
Nesta realidade você estará “no mundo mas não nele.”
 
Nesta realidade, “embora você ande pelo vale das sombras da morte, você não temerá mal nenhum”.
 
Você pode, mesmo em meio aos infernos do mundo, Ser a luz, a Verdade, e a Presença reconfortante do Céu.
 
Por Ann Albers
 

Este post foi lido 1661 vezes!

0 respostas

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>