thinking-about-you-1920x1080

Vocês escolhem suas experiências

Vocês escolhem as experiências. Não são as experiências que os escolhem.

As pessoas têm o vício de se sentirem atreladas a condições inferiores. E, naturalmente, manifestam para si mesmas as desavenças, o descontrole, a falta de Fé, a falta de amor. Mas, não precisa ser assim.

Cada um de vocês tem o medo e tem a força – que são energias complementares – não precisam se opor. Não há conflito.

Na hora do sofrimento, na hora que vem uma experiência difícil na vida de alguém, há uma causa e não há uma vingança divina. A causa é o seu próprio crescimento.

Às vezes uma porta se fecha para que você silencie, para que você compreenda o seu momento, para que você aceite a introspecção… Para que você se dê a chance de repensar o seu caminho, de observar as suas escolhas do passado, para modificar as suas atitudes.

Aceitem a pausa. Aceitem o tempo sem resposta. Aceitem o Não das pessoas. Aceitem, por um tempo, permanecerem onde estão. Não há nada de errado em alguém ficar parado por um tempo.

Vocês são viciados nos compromissos, nas palavras, nas respostas, nas atividades e na ação.

E, entendem que o momento de silêncio – o momento de estar parado – é um momento infrutífero, é um momento sem Luz, é um momento sem aprendizado.

E não é assim que funciona. A música não é música sem que haja a pausa, a cadência, o tempo de espera. Respeitem esses intervalos.

É preciso muito amor para evoluir e vocês se tratam muito mal.

Nós observamos as pessoas se tratarem com muita falta de respeito, com muita falta de carinho, com muito pouca vontade de se ouvir.

Não é preciso se fechar e se lamentar. É preciso apenas se ouvir, olhar pra si mesmo, observar o que passa na mente de vocês.

Sem esse caminho de auto-observação, não há crescimento. Sem esses momentos de pausa, não há avaliação. Sem os momentos em que vocês param, não há o entendimento das lições.

Somente no silêncio, somente na solidão, somente na pausa… Você é capaz de equilibrar a sua energia. E de fazer novas escolhas, e de mudar algumas coisas importantes, e de encontrar novos valores.

Se você se torna uma máquina de fazer, fazer, fazer, fazer… Conquistar… Você deixa de entender o porquê da sua vida. Você deixa de entender o porquê das lições. E aí sim, você se sente vitimizado.

Mas, nós perguntamos: Vítima do que? Vítima da infelicidade? Do Mundo? De você? Não está fazendo aquilo que planejou pra si mesmo?!

E, aí você se entristece, e você entra num papel que não precisa ser o seu. Se trate com mais amor. Compreenda, que nem sempre que o sucesso daquilo que você imaginou ser muito bom para você, é realmente o sucesso.

Se questione. E continue caminhando. Respeitando o seu tempo, se observando, observando as suas lições, observando as suas palavras, e observando o seu silêncio.

O seu silêncio é fundamental. Sem o silêncio não há crescimento. Sem o silêncio, não há manifestação de sabedoria e de amor em sua vida.

Desacelere. Tenha paz e se respeite.

Você sairá do seu momento de silêncio, profundamente fortalecido, profundamente pacificado, conectado ao seu Eu, conectado á sua Luz. Se você assim o permitir.

Se permita ter paciência. Se permita expandir a sua energia na hora em que você deve descansar. Tranquilize seu coração.

Nós estamos atuando junto de vocês, através da calma, do silêncio e da confiança.

A serviço da Chama Violeta, Eu Sou Mestra Pórtia e abençôo vocês.

Estamos trabalhando no Plano Sutil, para fortalecer ainda mais a consciência. E a consciência cresce no silêncio.

Escolham todos os dias, alguns momentos, para repousar e para silenciar. É fundamental o silêncio. É fundamental a meditação. É fundamental que você se dê a chance de silenciar.

Permaneçam agora em silêncio, apenas recebendo, as emanações de energia que nós estamos enviando.

Façam o Amor crescer. Façam o silêncio ser um ponto de Luz na sua vida.

Vocês não precisam ter respostas para tudo. Vocês não precisam receber respostas o tempo todo, para se sentirem amados.

O Silêncio pode ser a grande e única resposta.

Recebam as nossas Bênçãos e a nossa Luz. E sigam em paz, em silêncio e, em paz.

Nome de Referência: Vocês escolhem as experiências

Mestra Pórtia

Mensagem da Mestra Pórtia
Canalizada por Maria Silvia Orlovas

http://mariasilviaporlovas.blogspot.com/

Este post foi lido 4615 vezes!

1 responder
  1. regina
    regina says:

    É você entrou em um assunto que meche comigo… Eu tenho um companheiro que vevi primeiro 10 anos.. Mais sentia falta de amor não me sentia feliz.. Só que perdi uma filha a 7 anos com 22 anos no dia para mim não quero lembrar.. Mais lembro que nunca tinha briga reclamava dele nunca atendia o celular e a falta de carinho.. E no dia que minha filha faleceu Ele chegou quase 11 da noite imagina a reação dele pq sai antes dele com minha filha… Quando ele chegou às pessoas que vevia longe estava aqui o velório já estava tudo pronto… Eu não quiz ver hora nenhuma. Até que passou um tempo após ele foi embora quando sai… Mágoas pois chorava à noite toda..Ai a 2 e 7 meses Meu Filho foi baleado é ficou cego ele é Policial. . já tinha esquecido mais ele me viu fraca é hoje estamos juntos mais quero muito o amor de volta… Não quero ser essa pessoa seca que me tornei…

    Responder

Deixe um comentário

Quer contribuir com seus comentários?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>